Notícias

Paralisação do transporte público chega ao 5º dia em Londrina

Juiz substituto da 5ª Vara do Trabalho determinou que as duas empresas comprovem o pagamentos dos salários aos colaboradores em um prazo de cinco dias

Guilherme
Guilherme Fortunato / Produtor
Paralisação do transporte público chega ao 5º dia em Londrina
Greve chega ao quinto dia (Foto: Divulgação/ TCGL)

13 de abril de 2021 - 11:34 - Atualizado em 13 de abril de 2021 - 11:34

A paralisação do transporte público chegou ao quinto dia nesta terça-feira (13), em Londrina. Motoristas e colaboradores da Transportes Coletivos Grande Londrina (TCGL) e Londrisul Transportes estão parados desde a última sexta-feira (9). Eles cobram o pagamento de salários referente ao mês de março.

Na tarde de segunda-feira (12), o juiz substituto da 5ª Vara do Trabalho de Londrina, Roberto Joaquim de Souza, determinou que as duas empresas comprovem o pagamentos dos salários aos colaboradores em um prazo de cinco dias. As empresas alegam que estão com faturamento comprometido, devido a pandemia do coronavírus.

De acordo com José Francisco, diretor do Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários de Londrina (Sinttrol), o pagamento do vale para os trabalhadores se aproxima, será nos dias 20 e 21, portanto, a situação precisa ser resolvida para evitar paralisações futuras. “Não adianta você resolver o problema agora e depois acontecer de novo. As empresas e o poder público precisam resolver como um todo, para que o transporte em Londrina retorne”, comenta.

O portal RIC Mais entrou em contato com as duas empresas. A TCGL por meio da assessoria, disse que a empresa está em busca de recurso para resolver a situação, mas não há um prazo definido. A assessoria da Londrisul relatou que ainda não há novidades em relação a paralisação.

Representantes estão reunidos para definir a situação.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.