Internacionais

Pais veganos são presos por alimentar filho com fórmula de batatas

Redação RIC Mais
Redação RIC Mais

16 de fevereiro de 2019 - 00:00 - Atualizado em 16 de fevereiro de 2019 - 00:00

Pais veganos são presos acusados de negligência. (Foto: Divulgação/BREVARD COUNTY SHERIFF’S OFFICE)

Os dois foram acusados ​​de negligência; o menino de cinco meses quase morreu de fome e está internado em recuperação

Julia French, 20 anos, e Robert Buskey, 31 anos, foram acusados de negligência depois de decidirem não usar a fórmula prescrita pelo médico para alimentar seu bebê na Flórida, nos EUA. Ao contrário do recomendado, os dois resolveram alimentar a criança com uma receita que encontraram na internet feita a base batatas. Ambos estão presos.

“Eu nunca vi uma criança neste nível, tão perto da possível morte”

Segundo o jornal The Sun, a criança de cinco meses quase morreu de fome após passar um longo período se alimentando apenas com a mistura feita de purê de batata. Os investigadores ficaram chocados ao descobrir que o menino engordou apenas um quilo desde o nascimento.  “Em um ponto, quando a criança estava se saindo bem e saudável e ganhando peso, ele estava comendo a fórmula orgânica e eles a modificaram por conta própria. Eu nunca vi uma criança neste nível, tão perto da possível morte”, disse o detetive da polícia de Titusville, Lauren Watson

O Departamento de Crianças e Famílias da Flórida (DCF) disse que o menino estava obviamente desnutrido, com as costelas visíveis e os olhos parecendo afundados.

Ambos são acusados de ignorar o tipo de fórmula que se encaixaria em seu estilo de vida vegan, ordenado por seu médico. A polícia disse que os pais podiam pagar a fórmula prescrita e não apresentavam uma razão para não fornecê-la ao filho.

Desde quarta-feira (14), o bebê, que agora está sob custódia do DCF e internado em um hospital para recuperação, ganhou meio quilo apenas com fluidos. O menino que, de acordo com documentos do tribunal, quando foi encontrado era “letárgico e não chorava” também “teve dificuldades em manter sua temperatura e açúcar devido à desidratação e desnutrição”.

Há temores de que a falta de nutrição adequada nos cinco primeiros meses cruciais de sua vida possa causar um impacto duradouro.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.