Notícias

Pais e filhos estão foragidos da polícia em Maringá

Redação RIC Mais
Redação RIC Mais

20 de fevereiro de 2019 - 00:00 - Atualizado em 20 de fevereiro de 2019 - 00:00

Os acusados deixaram grandes sequelas na vida das crianças e dos pais na comunidade rural em que moravam.Dreamstime

De acordo com moradores, várias crianças foram vítimas dos criminosos.

Lourenço Louzano, de 79 anos, e Luciano Lousano, de 35 são pais e filhos e estão foragidos da polícia. Eles são acusados de agirem juntos em crimes graves.

Os dois são procurados pela polícia pelos crimes praticados em uma comunidade localizada na área rural da cidade de Maringá. Pai e filho são suspeitos de praticar crimes de abuso sexual. De acordo com moradores, várias crianças foram vítimas dos criminosos.

Lourenço oferecia doces para chamar atenção das crianças 

Moradores contam que, assim que pai e filho se mudaram para a comunidade, eles precisaram, de alguma maneira, conquistar a confiança dos pais das crianças. Eles perceberam que a maioria dos moradores eram carentes e começaram a fazer doação de roupas e de alimentos. Mas, quando já eram queridos na comunidade, começaram a cercar as crianças.

Lourenço esperava as crianças se reunirem em um campo de futebol e, em seguida, aparecia oferecendo doces, chocolates e balas para chamar a atenção das crianças. Ele  dava um pouco e dizia que se quisessem mais, teriam que ir com ele até a casa dele, e que lá, daria mais doces a eles. As crianças iam com ele e era justamente lá que, geralmente os abusos aconteciam.

Pai e filho já foram julgados

Dentre os depoimentos, as crianças contam que sofriam as mais diversas torturas. Uma das vítimas contou que depois de sofrer o abuso, Lourenço colocou uma arma na cabeça dele e, caso ele contasse, ele mataria a mãe, o pai, o tio e a própria vítima.

Lourenço Losano e Luciano Lozano já foram julgados. O pai foi condenado a 41 anos de prisão e o filho por 15 anos por colaborar com os atos.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.