Notícias

Pai tenta salvar filho de incêndio em apartamento, mas ambos morrem carbonizados

Tragédia ocorreu na manhã desta terça-feira (17), em Higienópolis, no Rio de Janeiro

Guilherme
Guilherme Becker / Editor
Pai tenta salvar filho de incêndio em apartamento, mas ambos morrem carbonizados
Homem tentou sair da residência pela varanda, mas grade chumbada impediu ação (FOTO: REPRODUÇÃO)

17 de setembro de 2019 - 00:00 - Atualizado em 17 de setembro de 2019 - 00:00

Um pai e um filho morreram na manhã desta terça-feira (17), em um incêndio que atingiu um prédio na Zona Norte, do Rio de Janeiro. Os dois eram moradores de Higienópolis e tentaram escapar das chamas indo para a varanda. Entretanto, uma grade instalada no local impediu que os vizinhos conseguissem salvar pai e filho.

A mãe do bebê e esposa do homem não estava em casa no momento da tragédia. Após receber a notícia, alguns familiares passaram mal e chegaram a desmaiar ao ver a cena dos dois mortos.

Incêndio mata pai e filho no Rio de Janeiro

Bilongo Lando Domingos, de 40 anos, é angolano e morava no Brasil há aproximadamente 20 anos. No ano passado, ele e a esposa realizaram um dos grandes sonhos da vida, tiveram o pequeno Gabriel Kaleb Bilongo. Entretanto, uma tragédia marcou a vida da família nesta quinta-feira (17). Após um incêndio tomar conta do apartamento onde moravam, em Higienópolis, pai e filho morreram carbonizados.

O prédio onde moravam, de três andares, fica localizado na rua Ubiratã, na Zona Norte do Rio. O incêndio começou no segundo andar, justamente onde a família morava. Logo que avistaram a fumaça, vizinhos chamaram o Corpo de Bombeiros e iniciaram a tentativa para resgatar os dois.

Testemunhas contaram que pai e filho estavam na pequena varanda, localizada na parte da frente da residência. Mas, uma grade instalada no local impossibilitou que os dois saíssem. Os vizinhos colocaram uma escada e com materiais tentaram quebrar a estrutura de ferro, porém, o material estava chumbado e a fumaça preta logo impediu que eles continuassem a tentativa.

Um dos moradores relatou que a todo momento o pai tentava passar a criança pela grade. Quando o bombeiro chegou e conseguiu conter as chamas, pai e filho já estavam mortos. Ao presenciar a cena, familiares entraram em estado de choque.