Notícias

Padre ortodoxo grego é baleado em Lyon e agressor foge, diz fonte da polícia

Reuters
Reuters

31 de outubro de 2020 - 14:52 - Atualizado em 31 de outubro de 2020 - 14:55

PARIS (Reuters) – Um padre ortodoxo grego foi baleado e ferido neste sábado em uma igreja no centro da cidade francesa de Lyon por um agressor que fugiu na sequência, disseram uma fonte da polícia e uma testemunha.

O padre foi baleado duas vezes por volta das 16h (12h, horário de Brasília) ao fechar a igreja, e recebia tratamento, disse a fonte.

Testemunhas disseram que era uma igreja Ortodoxa Grega. Outra fonte da polícia disse que o padre é de nacionalidade grega, e conseguiu dizer aos serviços de emergência que não reconheceu seu agressor.

O incidente acontece dois dias depois de um homem ter decapitado uma mulher e matado duas outras pessoas em Nice, e duas semanas depois que um professor de uma escola em um subúrbio de Paris foi decapitado por um checheno de 18 anos que aparentemente ficou furioso com o professor que exibiu um cartoon do profeta Maomé em sala de aula. 

Embora o motivo para o ataque deste sábado seja desconhecido, ministros do governo alertaram que outros ataques de militantes islâmicos poderiam acontecer e o presidente Emmanuel Macron enviou milhares de soldados para proteger lugares como locais de culto e escolas, e ministros do governo . 

O ataque de Nice, no dia em que os muçulmanos comemoram o aniversário do profeta Maomé, ocorreu em meio à crescente irritação muçulmana em todo o mundo pela defesa da França do direito de publicar caricaturas retratando o profeta. 

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.