Economia

P-50, na Bacia de Campos, foi paralisada após rompimento de amarra, diz Petrobras

Redação RIC Mais
Redação RIC Mais

24 de setembro de 2019 - 00:00 - Atualizado em 24 de setembro de 2019 - 00:00

A Petrobras informou na noite desta segunda-feira, 23, sobre uma ocorrência com a plataforma P-50, na Bacia de Campos, no campo de Albacora Leste, na noite de domingo, 22, quando houve o rompimento de amarra do sistema de ancoragem. Segundo comunicado, a produção foi preventivamente interrompida naquela ocasião. Por dia, a unidade produz em média 20 mil barris de petróleo.

Há outras 15 amarras para ancoragem da plataforma, que se encontra estável e em segurança, ainda de acordo com a nota da estatal, frisando que não há risco às pessoas ou ao meio ambiente. Trabalham na P-50 178 pessoas embarcadas.

“A Petrobras está tomando todas as medidas necessárias para o reparo do sistema e retomada da produção o mais rapidamente possível”, diz a nota.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.