Segurança

ONU confirma mais de 400 mortes de civis na Ucrânia

Entre as vítimas, estão 27 crianças

Reuters
Reuters
ONU confirma mais de 400 mortes de civis na Ucrânia
Prédios residenciais danificados por disparos de artilharia na região ucraniana de Zhytomyr em meio à invasão da Ucrânia pela Rússia

7 de março de 2022 - 11:15 - Atualizado em 22 de março de 2022 - 15:42

GENEBRA (Reuters) – O escritório de direitos humanos da Organização das Nações Unidas (ONU) disse, nesta segunda-feira (7), que confirmou a morte de 406 civis, incluindo 27 crianças, na Ucrânia desde o início da invasão russa em 24 de fevereiro, mas disse que o número real provavelmente é muito maior.

Os últimos números do Alto Comissariado das Nações Unidas para os Direitos Humanos, que tem uma missão de monitoramento na Ucrânia, cobrem o período de 24 de fevereiro a 6 de março. O número relatado se compara com as 364 mortes confirmadas em seu relatório no domingo.

(Reportagem de Emma Farge)