Notícias

Ocupante de carro que caiu em rio há cinco dias é encontrado

Redação RIC Mais
Redação RIC Mais

17 de fevereiro de 2017 - 00:00 - Atualizado em 17 de fevereiro de 2017 - 00:00

Gustavo Santos, à esquerda, e Diego Correa, à direita ocupavam o carro que caiu no rio. (Foto: Reprodução/Facebook)

Dois jovens ocupavam o veículo que foi perseguido pela Guarda Municipal antes de capotar

No último domingo (12), um Ford Focus foi parar dentro do Rio Ribeirão das Padilhas, na região do Sítio Cercado, em Curitiba, depois de uma perseguição com a Guarda Municipal. O motorista e o passageiro do veículo desapareceram após a queda. Na noite do acidente, os Bombeiros foram até o local, mas não encontraram ninguém. As primeiras informações passadas pela Guarda Municipal eram de que o motorista havia conseguido fugir, porém não foi bem isso o que aconteceu.

Um dia após o veículo ser localizado na beira do rio, as famílias registraram boletim de ocorrência pelo desaparecimento de Diego Carolino Batista Correia, de 20 anos, e Gustavo Henrique Azevedo dos Santos, de 23.

Correia, o motorista do carro, foi encontrado morto no rio Iguaçu, em Fazenda Rio Grande, na Região Metropolitana de Curitiba, nesta quinta-feira (16). Segundo o Instituto Médio Legal (IML), a causa da morte foi afogamento. No momento da colisão, chovia muito e tudo indica que o corpo tenha sido levado pela correnteza, já que o rio Ribeirão das Padilhas deságua no rio Iguaçu.

O outro jovem continua desaparecido e, segundo familiares, o Corpo de Bombeiros garantiu ter visto um corpo com as características de Santos, na mesma região do Rio Iguaçu, porém não conseguiram resgatá-lo.

Correia e Santos eram amigos há muito tempo e as famílias afirmaram que os dois participavam de uma reunião com outros amigos no Sítio Cercado. Ambos eram moradores do bairro Cajuru. As buscas pelo corpo de Santos foram retomadas na manhã desta sexta-feira (17).

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.