Coronavírus

Ação da Guarda Municipal reforça a obrigatoriedade do uso de máscaras em Curitiba

A população deve usar máscaras para circular em ambientes públicos;

Caroline
Caroline Berticelli / Editora com informações da Prefeitura de Curitiba
Ação da Guarda Municipal reforça a obrigatoriedade do uso de máscaras em Curitiba
Foto: Eduardo Matysiak/Futura Press

18 de abril de 2020 - 00:00 - Atualizado em 1 de julho de 2020 - 14:45

O uso obrigatório de máscaras em Curitiba está sendo reforçado por uma ação de orientação da Guarda Municipal desde a manhã deste sábado (18). Viaturas estão circulando pelos bairros e divulgando um áudio sobre a determinação do uso de máscaras para evitar a propagação do novo coronavírus

A mensagem divulgada é a seguinte:

“Atenção, a máscara é obrigatória nos espaços públicos, transporte e comércio da cidade. E a distância mínima entre as pessoas deve ser de um metro e meio. A Guarda Municipal agradece a sua colaboração”. 

O uso de máscaras tornou-se obrigatório na capital paranaense a partir desta sexta-feira (17). A medida, publicada no diário oficial na quinta-feira (16) como complemento ao Decreto Municipal 470/2020, vale tanto para espaços públicos, entre eles, terminais de transporte coletivo, veículos de aplicativo, feiras e ruas da cidade, como para ambientes comerciais.

O documento também estabelece medidas de posturas sanitárias que deverão ser tomadas por comércios que reabriram as portas. Já os estabelecimentos não vistos como essenciais devem permanecer fechados e aguardar uma nova orientação. 

De acordo com a Prefeitura, quem descumprir a normativa está sujeito a responsabilização administrativa, civil e penal, sujeitando-se, por exemplo, à cassação de alvará, entre outras medidas.

Veja vídeo da ação:

Isolamento e distanciamento social

A recomendação da Prefeitura de Curitiba é que as pessoas continuem em casa e mantenham o distanciamento socialGrupos de risco, como idosos, devem manter o isolamento, e somente comércios essenciais devem funcionar. 

Veja aqui as resoluções na íntegra.