Notícias

O que é renda básica universal e por que precisamos saber disso?

Entender como funciona a Renda Básica Universal é importante em momentos excepcionais como os que estamos vivenciando agora devido a pandemia. 

Larissa
Larissa especial e exclusivo para o RIC Mais
O que é renda básica universal e por que precisamos saber disso?

27 de abril de 2020 - 00:00 - Atualizado em 27 de abril de 2020 - 00:00

Devido ao grande impacto econômico que a crise do novo Coronavírus causou, muito se fala em renda básica universal. Afinal, muitas empresas fecharam as suas portas nos últimos meses, gerando um grande número de desemprego no nosso país e no mundo. 

A renda básica é um valor transferido às pessoas mensalmente para que as suas necessidades básicas sejam atendidas, como: moradia, alimentação, saúde e educação. Essa pode ser a melhor saída, devido ao drama econômico e social provocados pela pandemia. 

Com a crise da saúde, é totalmente justificável que Estados adotem medidas econômicas para enfrentar a situação, garantindo à todos os direitos à saúde e a sobrevivência. 

O governo dos Estados Unidos e de Portugal, por exemplo, já se prontificaram a pagar salários de renda básica como forma de diminuir os impactos da crise, garantindo a sobrevivência de diversas famílias.

Entenda como funciona a Renda Básica Universal

  • Incondicional: a renda é distribuída pelo poder público de igual forma para todos da população, não importando o nível social ou o status da carteira de trabalho.
  • Condicional: podem ser estabelecidos faixa etária mínima, nacionalidade, nível social, status da carteira de trabalho, entre outros.

Essa seria uma maneira de garantir o bem-estar e uma vida digna para as pessoas em tempos de tantas incertezas. Entender como funciona a Renda Básica Universal é importante em momentos excepcionais como os que estamos vivenciando agora devido a pandemia. 

É fundamental o investimento público neste momento, principalmente com medidas de assistencialismo social que diminuam o impacto que uma série de demissões teria na economia. Isto é, menor acesso à saúde e alimentação em decorrência da falta de acesso a renda