Coronavírus

O número de seu documento é inválido para o auxílio emergencial? Saiba o que fazer

O Cadastro de Pessoa Física (CPF) pode ser regularizado gratuitamente e sem sair de casa

Caroline
Caroline Berticelli / Editora com informações da Receita Federal
O número de seu documento é inválido para o auxílio emergencial? Saiba o que fazer
Foto: Marcello Casal Jr./Agência Brasil

25 de maio de 2020 - 00:00 - Atualizado em 25 de maio de 2020 - 00:00

Muitas pessoas ficam em dúvida sobre o que fazer quando aparece a mensagem ‘número de documento inválido’ para o auxílio emergencial, ou seja, após realizarem todos os procedimentos no cadastro de solicitação do benefício, o Cadastro de Pessoa Física (CPF) aparece como irregular

Antes de mais nada, é importante que os cidadãos verifiquem no ato do preenchimento do aplicativo Caixa – Auxílio Emergencial se o nome, data de nascimento, entre outros dados, coincidem com os dados cadastrados na base CPF da Receita Federal.

Número de documento inválido para o auxílio emergencial precisa de regularização

Caso todos os dados tenham sido preenchidos certos, é necessário que os interessados regularizem seus documentos antes de finalizarem o pedido de auxílio emergencial

numero-de-documento-invalido-auxilio-emergencial

Os interessados deverão escolher a opção CPF. (Foto: Reprodução/Site Receita Federal)

O primeiro passo é entrar no site da Receita Federal e consultar o status do CPF na opção ‘Comprovante de Situação Cadastral no CPF’. O endereço direto para verificação é https://servicos.receita.fazenda.gov.br/Servicos/CPF/ConsultaSituacao/ConsultaPublica.asp

Conforme o órgão, se o CPF estiver regular, a restrição apresentada no aplicativo do auxilio emergencial não deve estar relacionada a uma pendência com a RF.

CPF Irregular

Mas se o CPF aparecer como irregular é possível regularizá-lo gratuitamente – desde que não haja pendência na entrega de declarações de pessoa física – das seguintes maneiras: 

  • Pelo formulário eletrônico ‘Alteração de Dados Cadastrais no CPF’, no site da Receita Federal. No endereço https://servicos.receita.fazenda.gov.br/Servicos/CPF/regularizar/Default.asp
  • Pelo chat RFB: http://receita.economia.gov.br/contato/chat
  • Por e-mail para os casos em que não for possível regularizar pelo site ou chat. 
numero-de-documento-invalido-auxilio-emergencial

O número de documento inválido para o auxílio emergencial pode ser regularizado de forma online. (Foto: Reprodução/Site Receita Federal)

Regularização por e-mail

A opção por e-mail é somente para aqueles que não conseguirem regularizar o documento pelo site ou chat. Nesse caso, os cidadãos que têm o número de documento inválido para o auxílio emergencial deverão enviar o e-mail de acordo com o seu estado de jurisdição, conforme tabela abaixo, solicitando o serviço de regularização de CPF

  • 1ª Região Fiscal (DF, GO, MT, MS e TO)    atendimentorfb.01@rfb.gov.br
  • 2ª Região Fiscal (ACM AM, AP, PA, RO e RR)    atendimentorfb.02@rfb.gov.br
  • 3ª Região Fiscal (CE, MA e PI)    atendimentorfb.03@rfb.gov.br
  • 4ª Região Fiscal (AL, PB, PE e RN)    atendimentorfb.04@rfb.gov.br
  • 5ª Região Fiscal (BA e SE)    atendimentorfb.05@rfb.gov.br
  • 6ª Região Fiscal (MG)    atendimentorfb.06@rfb.gov.br
  • 7ª Região Fiscal (ES e RJ)    atendimentorfb.07@rfb.gov.br
  • 8ª Região Fiscal (SP)    atendimentorfb.08@rfb.gov.br
  • 9ª Região Fiscal (PR e SC)    atendimentorfb.09@rfb.gov.br
  • 10ª Região Fiscal (RS) atendimentorfb.10@rfb.gov.br

O andamento dos processos de regularização do CPF por e-mail podem ser consultados pelo endereço http://receita.economia.gov.br/orientacao/tributaria/cadastros/cadastro-de-pessoas-fisicas-cpf/servicos/regularizacao-cpf.

Regularização do CPF 

Ainda de acordo com a Receita Federal, para os casos em que não for possível fazer a regularização online do número de documento inválido para o auxílio emergencial, ela poderá ser feita presencialmente na unidades do órgão mais próxima dos interessados. Nesse caso, é preciso entrar em contato por telefone e solicitar informações sobre o agendamento ou horário de funcionamento. 

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.