Notícias

Novo decreto da Prefeitura de Maringá reduz toque de recolher

OToque de Recolher tem período reduzido, agora valendo da 0 às 5 horas diariamente

Renan
Renan Vallim / Repórter
Novo decreto da Prefeitura de Maringá reduz toque de recolher
Decreto foi publicado nesta sexta (6) (Foto: PMM)

6 de agosto de 2021 - 11:15 - Atualizado em 6 de agosto de 2021 - 11:15

A vacinação e as medidas de contenção ao coronavírus promovidas pela Prefeitura de Maringá reduziram os efeitos negativos da doença na cidade. Com isso, a Prefeitura publica decreto nesta sexta-feira (6) e mantém a política de flexibilização gradual das medias de contenção. Entre as medidas, o Toque de Recolher tem período reduzido, agora valendo da 0 às 5 horas diariamente.

O documento começa a valer às 5 horas deste sábado (7), até as 23h59 do próximo dia 16. Os eventos, reuniões, celebrações e comemorações de 31 a 120 pessoas ficam condicionados à prévia autorização da Secretaria de Inovação, Aceleração Econômica, Turismo e Comunicação, com solicitação pelo e-mail: cadastro_siacom@maringa.pr.gov.br. A ocupação máxima dos locais de eventos deve ser de 50% da capacidade do espaço. Em clubes, associações e condomínios residenciais poderão ser realizados eventos apenas nos salões sociais.

Restaurantes e mercados

Os restaurantes, bares, lanchonetes, pizzarias, carrinhos de lanche, food trucks, lojas das praças de alimentação dos shoppings, padarias, sorveterias, lojas de açaí e similares funcionarão com limitação de 50% da capacidade, de segunda a domingo até as 23h. Fica permitida a permanência de clientes nos estabelecimentos até as 23h30, para encerramento das contas.

Os supermercados, mercados, mercearias, quitandas, frutarias, lojas de conveniências e disk-bebidas poderão funcionar de segunda a sábado até as 22h e aos domingos até as 20h. Continuam em vigor os Decretos anteriores relacionados ao combate à pandemia, revogando-se apenas as disposições que contrariem o documento publicado hoje.

Dados

No final de julho, houve diminuição da Taxa de Positividade da Covid-19 (está em 31%); a incidência de contaminação média ficou em 214,34 por 100 mil/habitantes e a média móvel de positividade caiu 11,21% em 14 dias. Também houve queda na taxa de ocupação de UTIs e enfermarias, hoje em 60%.