Notícias

Nova York muda regras de quarentena da Covid-19 para quem chega ao Estado

Reuters
Reuters

31 de outubro de 2020 - 14:43 - Atualizado em 31 de outubro de 2020 - 14:43

NOVA YORK (Reuters) – A maioria das pessoas que chega ao Estado de Nova York precisará ficar em quarentena por pelo menos três dias e depois mostrar que o teste para o novo coronavírus deu negativo antes da liberação, anunciou o governador de Nova York, Andrew Cuomo, neste sábado. 

A exigência não se aplicará aos moradores dos vizinhos Connecticut, Pensilvânia e Nova Jersey, disse Cuomo aos repórteres, e haverá exigências diferentes para os nova-iorquinos que deixarem o Estado por menos de 24 horas. 

As pessoas também terão que fazer um teste que dê negativo três dias antes do embarque para Nova York, segundo o governador. 

Se o segundo teste feito pelo menos quatro dias após a chegada também for negativo, a pessoa está “livre para cuidar de seus negócios”, disse Cuomo. Se for positivo, a pessoa precisa permanecer em quarentena, afirmou. 

Um nova-iorquino que retorne ao Estado dentro de 24 horas da partida terá que fazer um teste no prazo de quatro dias depois do retorno, informou Cuomo. Se ficar fora por mais de 24 horas, as regras gerais serão aplicadas. 

As novas regras substituem uma determinação anterior segundo a qual as pessoas que chegam ao Estado norte-americano em uma lista crescente de Estados com surtos graves de coronavírus tinham que ficar em quarentena em casa ou hotel por 14 dias, independentemente do resultado do teste. 

(Reportagem de Jonathan Allen) 

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.