Notícia Boa!

Projeto distribui ração aos protetores de animais em Foz do Iguaçu

A previsão é entregar o auxílio alimentar para cães e gatos mensalmente até o fim do ano, ou até esgotarem os estoques

Julia
Julia Cappeletto / Estagiária com supervisão de Daniela Borsuk
Projeto distribui ração aos protetores de animais em Foz do Iguaçu
(Foto: Prefeitura de Foz do Iguaçu)

20 de agosto de 2021 - 16:49 - Atualizado em 20 de agosto de 2021 - 16:49

A Diretoria de Bem-Estar Animal de Foz do Iguaçu, no Oeste do Paraná, começou na quinta-feira (19) a realizar o projeto de suporte a protetores independentes e representantes de entidades de proteção animal. A ação está entregando rações de gatos e cachorros para esses grupos de resgate e proteção dos animais.

Segundo a Prefeitura de Foz do Iguaçu, a previsão é que 140 pessoas já cadastradas no município sejam atendidas até esta sexta-feira (20) com a distribuição que está sendo realizada em frente ao Zoológico do Bosque Guarani. Além disso, ao todo, 3 toneladas de ração para gatos e 25 toneladas para cães estão disponíveis, e devem ser entregues mensalmente até o fim do ano, ou até acabarem os estoques.

Seguindo a programação do projeto, os protetores irão receber até 50% do consumo mensal, calculado de forma proporcional ao quantitativo de animais que tenham sob seus cuidados por meio da estimativa de peso/kg.

Para o veterinário da Diretoria Carlos Santi, a ação é de grande importância, uma vez que a ração adquirida é ideal para uma alimentação adequada aos animais.

“Assim garantimos uma alimentação ainda mais balanceada, pois com elas é possível estabelecer uma dieta segura, que aumente a vida saudável deles. Os protetores já mantêm esse cuidado, não dando comida comum, por exemplo, como era feito antigamente”.

disse Carlos Santi, veterinário da Diretoria de Bem-Estar Animal de Foz do Iguaçu.

O prefeito Chico Brasileiro afirmou ainda que este é apenas o começo dos projetos para os protetores cadastrados.

“Temos uma alta demanda reprimida de castrações e, em virtude da pandemia, tivemos dificuldade em dar início a esse processo. Mas está tudo encaminhado e, muito em breve, iniciaremos os procedimentos e nossa intenção é dar celeridade a esse trabalho”.

afirmou Chico Brasileiro, Prefeito de Foz do Iguaçu.

Apoio bem-vindo

Para a protetora Wendyasmin Diaz, que atua há três anos na causa animal, o projeto fornece segurança alimentar para os cerca de 20 gatos que estão sob seu cuidado.

“Mantê-los com a ração é muito importante, mas também muito caro. Por isso é importante ter esse apoio e garantir a alimentação dos animais de casa e também os de rua”.

afirmou Wendyasmin Diaz, protetora de animais.

Já para Bárbara Gusmán, que resgata e cuida de animais para doação, os quilos de ração recebidos ajudarão a ampliar o trabalho.

“Cada animal exige um cuidado especial e toda ajuda é bem-vinda a nós. Ficamos muito apegados a eles e queremos dar o melhor cuidado possível”.

relatou Bárbara Gusmán, protetora de animais.

Os protetores que não puderem comparecer nas datas de entrega da ração, podem fazer uma procuração simples para que outra pessoa receba a quantidade que possuem direito.