Notícia Boa!

Policiais que salvaram bebê afogado recebem homenagem da Câmara de Londrina

Os soldados Adriano Pegorari e Alysson Almeida da Silva, e o tenente Emerson Castro foram homenageados em sessão remota

André
André Justus com informações Ascom
Policiais que salvaram bebê afogado recebem homenagem da Câmara de Londrina
Imagem: Divulgação/Ascom

5 de agosto de 2020 - 13:26 - Atualizado em 5 de agosto de 2020 - 13:26

A Câmara Municipal de Londrina (CML) homenageou os três policiais militares que salvaram um bebê de 11 meses que se afogou em casa, na última sexta-feira (31), na zona norte de Londrina. Os soldados Adriano Pegorari e Alysson Almeida da Silva, e o tenente Emerson Castro, todos da 4ª Companhia Independente de Polícia Militar, participaram da sessão remota do Legislativo Municipal nesta terça-feira (04).

Os vereadores destacaram a atitude dos policiais militares. “É sempre ótimo quando a gente pode parabenizar por um trabalho tão bem feito quanto este”, afirmou Pastor Gerson Araújo (PSDB). Professor Rony (PTB) e Amauri Cardoso (PSDB) afirmaram que a atitude dos PMs reforçou os valores da corporação.

“É essa polícia que a gente sempre quer ver. […] Que vocês sejam homens que defendam a vida, literalmente”, afirmou Rony. “A função de vocês é realmente essa, salvar vidas, mesmo que às vezes tenham que usar o rigor”, argumentou Cardoso.

Salvamento do bebê

O bebê se afogou ao cair na piscina de casa e parentes chamaram a polícia, após não conseguirem contato com os serviços de socorro de saúde. O soldado Almeida realizou manobras de salvamento no bebê e, durante o trajeto, os PMs encontraram a ambulância do Siate que levou o menino ao hospital. “Foi muito gratificante ajudar a salvar uma vida, porque essa é a principal função da Polícia Militar”, destacou.

A ação foi registrada em vídeo pelo tenente Castro, que fazia parte da equipe. Aos vereadores ele relatou o desespero da família e a emoção sentida durante o salvamento.

“Realmente, chegou um momento em que a gente perdeu a voz, duvidou e até desacreditou que a gente pudesse ter um final feliz, tamanha a dificuldade de lidar com essa situação de uma criança afogada”, explicou. 

De acordo com o tenente Castro, o bebê segue internado na UTI do Hospital do Coração de Londrina, mas está com uma condição de saúde estável. 

João Martins (PL) ressaltou a presteza dos policiais militares no atendimento. “Com certeza eles foram instrumento de Deus para salvar aquela criança e trazer alegria e paz para aquela família que estava em desespero”, argumentou. Madureira (PTB) ressaltou que é preciso divulgar ações positivas da Polícia Militar. “É importante que esta Casa mostre para Londrina e para a mídia os valores dos nossos policiais”, argumentou.

Receba as melhores notícias de Londrina e região pelo Whatsapp. Faça parte do grupo!