Notícia Boa!

Motorista de aplicativo ajuda desempregados na entrega de currículos

Depois de perder o emprego e se recolocar como motorista de app, o homem resolveu tomar uma atitude para ajudar quem está em busca de trabalho

Caroline
Caroline Berticelli / Editora com reportagem de Rebeca Branco da RIC Record TV, Oeste
Motorista de aplicativo ajuda desempregados na entrega de currículos
Foto: Reprodução/RIC Record TV

5 de novembro de 2020 - 17:04 - Atualizado em 5 de novembro de 2020 - 17:09

Um motorista de aplicativo ficou famoso e viralizou nas redes sociais depois que arrumou uma forma de ajudar pessoas desempregadas na entrega de currículos em Cascavel, no oeste do Paraná. 

Conforme José Simão, tudo começou quando ele mesmo perdeu o emprego há cinco meses. Sem nenhuma renda, decidiu virar motorista de aplicativo, mas só isso não bastava. Ciente da dificuldade que muitos brasileiros têm enfrentado para conseguir um trabalho, ele resolveu ajudar como pode e preparou um compartimento especial dentro do veículo para que as pessoas deixem os seus currículos. A ideia é que passageiros empregados levem os currículos para as empresas em que são funcionários. 

“Quando eu fui mandando embora da empresa, a gente fica triste, né, porque tem conta para pagar e tudo. Eu fiquei dois meses parado, nesses dois meses, eu entreguei currículos, mas ninguém chamou. Aí, trabalhando de Uber, comecei a ver pessoas com currículo indo levar em empresa e falei ‘por que não ter um espaço?”, explica Simão. 

Ainda conforme ao motorista bom samaritano, ao que tudo indica, a iniciativa já começou a render bons frutos: 

“Eu creio que tem ajudado bastante gente. Semana retrasada, até me mandaram uma mensagem pelo aplicativo, agradecendo de um currículo que havia deixado no Uber e tinha sido entregue em uma empresa. Acho que isso é o bem, né. Uma corrente, cada um ajudando o outro. Eu pego bastante gente que tem um poder aquisitivo bom, que tem empresas. Tem um caso que uma pessoa pegou um currículo no carro e falou ‘Nossa, era mão-de-obra que eu estava precisando”, conta Simão.

Assista à reportagem completa: 

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.