Notícia Boa!

Lavrador vence o coronavírus após ficar 51 dias internado em estado grave

Guilherme
Guilherme Becker / Editor com informações da Agência de Notícias do Paraná
Lavrador vence o coronavírus após ficar 51 dias internado em estado grave
(Foto: SESA)

24 de julho de 2020 - 13:39 - Atualizado em 24 de julho de 2020 - 13:39

Mais um paciente venceu a luta contra o coronavírus no Paraná. O lavrador Edson José Bassani, de 59 anos, recebeu alta nesta quinta-feira (23), após 51 dias internado em estado grave no Hospital Regional do Norte Pioneiro (HRNP), em Santo Antônio da Platina.

O hospital é uma das unidades próprias do Governo do Estado com leitos exclusivos para pacientes da covid-19. Desde o dia 29 de abril, além dos 73 leitos já existentes, o hospital passou a contar com mais 10 leitos de terapia intensiva, 10 leitos para cuidados intermediários e nove leitos de enfermaria para pacientes de covid-19. Em todo o Estado, em pouco mais de 130 dias, foram criados mais de mil novos leitos de UTI para adultos na rede exclusiva de atendimento contra o novo coronavírus. A estratégia regionalizada, adotada desde o começo de 2019 para atender o cidadão o mais próximo possível de casa, foi reforçada neste ano na formatação da rede de leitos exclusivos para UTI.

Edson José Bassani é morador de Siqueira Campos, onde recebeu o primeiro atendimento médico. Com a piora do quadro clínico ele foi encaminhado para o Hospital Regional do Norte Pioneiro, em Santo Antonio da Platina, a menos de uma hora de sua cidade.

Notícias como esta trazem esperança para a luta contra o coronavírus”, disse o secretário da Saúde, Beto Preto.

“Estamos trabalhando incansavelmente para ampliar os leitos e dar todo atendimento necessário aos pacientes que necessitem, fazendo a nossa parte nesse enfrentamento ao vírus. Contamos com a colaboração de toda a população para que, se possível, mantenham o isolamento domiciliar e distanciamento social”, enfatizou o  secretário.

De acordo com Anderson Hinterlang, médico intensivista responsável pela UTI Covid do HRNP, esta foi mais uma vitória para toda a equipe. “Hoje é um dia de vitória para a comunidade, mais um paciente que permaneceu em estado crítico na nossa UTI volta para casa com sua família. Só tenho a agradecer a equipe de médicos, enfermeiros, fisioterapeutas e tantos outros profissionais que ajudaram a dar essa nova chance de vida ao Edson”.

Para Natane Bassani, 29 anos, filha do paciente, o trabalho realizado pela equipe de profissionais do HRNP foi essencial para a recuperação de seu pai.

 “Deus agiu nas mãos de cada profissional de saúde que cuidou do meu pai, pois não mediram esforços para salvar a vida dele. Agradeço ao trabalho que exercem e ao atendimento do SUS, que foi excelente. Meu pai é a prova que esse vírus pode ser vencido, agora vamos continuar os cuidados em casa, com a família unida e muito amor”, disse.