Notícia Boa!

Família que encontrou cavalos perdidos doa recompensa a cadeirante que enfrenta dificuldades

Judite e o sobrinho ganharam a oportunidade de reformar a casa, que enfrenta grandes precariedades, após atitudes de solidariedade de pessoas que se envolveram com a história dos cavalos perdidos da veterinária Priscila

Caroline
Caroline Maltaca / Estagiária com informações da RIC Record TV e supervisão de Daniela Borsuk
Família que encontrou cavalos perdidos doa recompensa a cadeirante que enfrenta dificuldades
Família que encontrou cavalos perdidos, doa recompensa a cadeirante que enfrenta dificuldades (Foto: Reprodução/RIC Record TV)

20 de agosto de 2021 - 15:50 - Atualizado em 20 de agosto de 2021 - 15:50

No final de julho, os cavalos Can e o Cauan, da veterinária Priscila, desapareceram após a cerca de sua chácara ter sido cortada. Extremamente desolada pelo ocorrido, a dona dos animais que eram utilizados para trabalhos de equoterapia, que ajudam no tratamentos de muitas pessoas, procurou a equipe do Balanço Geral de Curitiba para auxiliar nas buscas.

Após 26 dias, Priscila teve seu destino entrelaçado com a da família de Laurita. A senhora encontrou os animais e os manteve em sua casa, que se localiza a cinco quilômetros do local onde os cavalos desapareceram. De acordo com Laurita, os animais se mostravam muitos assustados, como se estivessem procurando a dona.

Apesar do reencontro entre a veterinária e seus animais ter sido de muita emoção, a história de boas ações não parou por aí. Diante do desespero de Priscila, um empresário resolveu ajudar nas buscas, oferecendo uma recompensa de R$ 3 mil.

Como Laurita foi a responsável pelo reencontro, acreditava-se que ela ficaria com a recompensa. Porém, o destino tomou outro rumo. A senhora não quis o dinheiro e resolveu doar para um jovem cadeirante, de 24 anos, que vive com a tia, Judite, em uma casa rodeada de dificuldades, mas também de muito amor.

História de Gabriel

Judite é uma senhora, de 65 anos, que cuida do sobrinho desde que ele tinha cinco anos de idade. Segundo a dona de casa, ela sempre quis cuidar do menino, porém, o irmão não queria “desgrudar” do filho. A situação só mudou quando Judite levou a criança a uma excursão da igreja e notou que precisava tê-lo ao lado.

“Teve uma viagem que era uma excursão da igreja e eu levei ele comigo, e lá ele começou a melhorar. Então eu vi que era a mão de Deus que queria que eu adotasse e cuidasse dele”.

contou a idosa.

O destino fazendo seu trabalho

Após os cavalos se perderem, serem reencontrados e a recompensa ser doada, Judite e o sobrinho ganharam a oportunidade de reformar a casa, que enfrenta grandes precariedades. Localizada em uma invasão no bairro Cidade Industrial de Curitiba, a senhora contou ao Balanço Geral que a residência não parece pertencer a eles, porque as adaptações necessárias para Gabriel são inexistentes.

Com a recompensa doada por Laurita e a ajuda de outras pessoas, hoje Judite e Gabriel arrecadaram R$19 mil. De acordo com as informações levantadas, para a construção de uma nova casa para a família é necessária a quantia de R$24 mil. Apesar de ainda faltar um pouco do orçamento, Gabriel acredita que a nova casa com as condições adequadas para se viver sairá.