Direto do Grupo RIC

NOTA DE REPÚDIO

NOTA DE REPÚDIO
A agressão ao cinegrafista foi registrada. (FOTO: EDUARDO MATYSIAK/FUTURA PRESS/FOLHAPRESS)

2 de maio de 2020 - 00:00 - Atualizado em 2 de maio de 2020 - 00:00

O Grupo RIC detentor da RIC Record TV repudia a agressão sofrida pelo repórter cinematográfico da emissora, Robson Silva, neste sábado (02), durante a cobertura na rua do depoimento do Sérgio Moro, em Curitiba (PR).

O cinegrafista foi agredido de forma gratuita ao estar apenas cumprindo o seu papel
profissional que é de registrar as movimentações na rua em frente a sede da Polícia Federal.

O Grupo RIC e todas as suas empresas de comunicação condenam todo tipo de
violência, em especial, contra profissionais da imprensa no exercício da profissão. Atos como este são fruto da intolerância e desconhecimento do real papel da imprensa.

Qualquer tentativa de impedir o trabalho da imprensa é um ataque ao direito da
sociedade de acesso às informações de interesse público.

O Grupo RIC pede às autoridades locais a apuração rigorosa dos fatos e a punição do
responsável.