Eleições 2020

No Paraná, 150 mil títulos de eleitores estão cancelados; saiba como regularizar

Os 150 mil eleitores do Paraná com o título de eleitor cancelado têm até o dia 6 de maio para regularizarem a situação

Gabriel
Gabriel Azevedo com informações do TRE-PR
No Paraná, 150 mil títulos de eleitores estão cancelados; saiba como regularizar
(Foto: Agência Brasil)

31 de janeiro de 2020 - 00:00 - Atualizado em 23 de junho de 2020 - 09:51

O Tribunal Regional Eleitoral do Paraná (TRE-PR) informou que 150 mil títulos de eleitor estão cancelados no estado. A medida atinge eleitores que não votaram, não fizeram cadastramento biométrico ou não justificaram ausência em três eleições consecutivas. Os eleitores nesta situação têm até o dia 6 de maio para regularizarem a situação.

CONSULTE SUA SITUAÇÃO ELEITORAL

A pessoa que teve o título cancelado deverá pagar uma multa e, em seguida, poderá fazer a regularização da sua situação no cartório eleitoral, levando documento de identificação oficial original com foto, comprovante de residência e o título.

A regularização do título eleitoral cancelado somente será possível se não houver nenhuma circunstância que impeça a quitação eleitoral, como omissão de prestação de contas de campanha e perda ou suspensão de direitos políticos, por exemplo.

Segundo o TRE-PR, o eleitor que teve o documento cancelado poderá ser impedido de obter passaporte ou carteira de identidade, receber salários de função ou emprego público e contrair empréstimos em qualquer estabelecimento de crédito mantido pelo governo.

A irregularidade também pode gerar dificuldades para inscrição e nomeação em concurso público; renovação de matrícula em estabelecimento de ensino público; obter certidão de quitação eleitoral e qualquer documento perante repartições diplomáticas.

O Paraná tem 8.068.339 eleitores, 186 zonas eleitores e 27.433 seções eleitorais. Nas eleições de 2020, serão usadas 31.924 urnas. Será a primeira eleição 100% biométrica.