Notícias

Nigéria proíbe viajantes da Índia, Brasil e Turquia por temor em relação à Covid-19

No Brasil, novos casos de coronavírus baixaram um pouco após o pico do final de março, mas permanecem altos para os padrões históricos

Reuters
Reuters
Nigéria proíbe viajantes da Índia, Brasil e Turquia por temor em relação à Covid-19
(Foto: Ilustração/ Pixabay)

2 de maio de 2021 - 12:44 - Atualizado em 2 de maio de 2021 - 13:11

ABUJA (Reuters) – A Nigéria decidiu proibir a entrada de viajantes vindos de Índia, Brasil e Turquia, em meio à preocupação com a disseminação desenfreada do coronavírus nesses países, disse o comitê presidencial de acompanhamento da pandemia neste domingo.

“Portadores de passaportes não nigerianos e não residentes na Nigéria que tenham visitado o Brasil, a Índia ou a Turquia nos 14 dias anteriores à viagem para a Nigéria, terão sua entrada negada no país”, afirmou Boss Mustapha, presidente do comitê presidencial de gerenciamento da Covid-19, em um comunicado.

A proibição entrará em vigor a partir do dia 4 de maio. A Nigéria anunciou 43 novos casos confirmados de coronavírus no sábado, totalizando 165.153, com 2.063 mortes até o momento.

Hospitais, necrotérios e crematórios indianos estão sobrecarregados com o país relatando mais de 300.000 casos diários por mais de 10 dias consecutivos. No Brasil, novos casos de coronavírus baixaram um pouco após o pico do final de março, mas permanecem altos para os padrões históricos. O total de mortes no país perde apenas para a contagem dos Estados Unidos.

A Turquia impôs um “lockdown completo” em todo o país na quinta-feira, com duração até 17 de maio, para conter um aumento nas infecções e mortes por coronavírus, registrando o quarto maior número de casos do mundo e o pior per capita entre as principais nações.

(Reportagem de Felix Onuah)