Notícias

Namorada de homem suspeito de ser o ‘maníaco do Sandero’ é presa em Curitiba

A jovem de 23 anos foi detida por posse ilegal de munição de arma de fogo; o caso é investigado pela Delegacia da Mulher de Curitiba

Caroline
Caroline Berticelli / Editora
Namorada de homem suspeito de ser o ‘maníaco do Sandero’ é presa em Curitiba
Guilherme Rabelo Damian, de 35 anos, passou por audiência de custódia na última sexta-feira (10). (Foto: Reprodução/RIC Record TV)

13 de janeiro de 2020 - 00:00 - Atualizado em 1 de julho de 2020 - 14:56

A namorada do criminoso conhecido como ‘Maníaco do Sandero’, uma jovem de 23 anos, foi presa na tarde da última sexta-feira (10). Ela foi encontrada pela polícia em um flat nas proximidades da Rodoferroviária de Curitiba

Segundo Eliete Kovalhuk, delegada-chefe da Delegacia da Mulher de Curitiba, inicialmente, a garota prestou depoimento como testemunha e negou que dividia o apartamento com o suspeito Guilherme Rabelo Damian, de 35 anos. No entanto, quando a Polícia Civil cumpriu o mandado de busca e apreensão na residência da jovem, encontrou todos lá todos os pertences do namorado e, inclusive, munições da arma que ele utilizava

“Ela foi ouvida como testemunhas até para confirmar a conduta social dele, contudo, as declarações dela foram muito contraditórias e evasivas. Foram encontradas quatro munições da mesma arma que foi apreendida com ele, porém, como desde o início ela falou que ele não morava na casa, automaticamente, por óbvio, que essa autoria está recaindo sobre ela”, explicou a delegada. 

Ela foi presa em flagrante por posse ilegal de munição de arma de fogo porque alegou que as munições eram dela.

Maníaco do Sandero passa por Audiência de Custódia

Também na sexta-feira, Guilherme passou por uma audiência de custódia e teve sua prisão em flagrante convertida em preventiva, ou seja, por data indeterminada. Ele foi preso por falsidade ideológica e posse ilegal de arma de fogo no dia 8 de janeiro

Guilherme é foragido do sistema prisional de Santa Catarina, onde já ficou 10 anos na cadeia por tráfico de drogas, roubo e uma tentativa de latrocínio. Segundo informações da polícia, ele foi condenado a mais de 30 anos, mas após cumprir um terço da pena recebeu o benefício da saída temporária e não voltou para cadeia desde fevereiro de 2019. 

Em depoimento, ele alegou que morava em um hotel no centro da capital paranaense e declarou que tinha um emprego no qual ganhava cerca de R$ 4 mil por mês e negou ser o ‘Maníaco do Sandero’

Durante a fase de investigação que apura a autoria de Guilherme em crimes contra mulheres em Curitiba, ele permanecerá preso no Paraná. Posteriormente, a Justiça irá decidir se ele continua na capital paranaense ou se será transferido para o estado vizinho. 

A polícia trabalha para reunir todos os casos de abordagens de mulheres nos quais ele é suspeito, assim como ouvir todas as vítimas.“Nós precisamos ouvir todas essas pessoas pra saber quais são os depoimentos que confirmam a autoria dele como autor de crimes sexuais aqui na cidade de Curitiba e outras que podem ter sido abordadas por ele e vítimas de outros crimes”, disse a delegada. 

4 de dezembro de 2019

O primeiro caso no qual ele é suspeito ocorreu no dia 4 de dezembro de 2019 e a vítima reconheceu Guilherme como o autor da abordagem pelo retrato falado. Na ocasião, um Renault Sandero prata se aproximou de uma jovem, abriu a porta e o motorista ameaçou a garota com uma arma para que ela entrasse no veículo. “Ele sacou a arma e ficava falando ‘ou você entra no carro ou morre’. Eu fiquei teimando um pouco com ele, falando que não ia entrar no carro e ele falando ‘ou entra ou morre’. Aí, a hora que estava descendo dois carros que não estavam correndo, eu me joguei na frente, o carro parou e eu entrei dentro do carro e ele fugiu”, contou a mulher. 

namorada-suspeito-maniaco-do-sandero-curitiba-camera-de-segurança

A situação foi registrada por uma câmera de segurança. (Foto: Reprodução/Câmera de segurança)

19 de dezembro de 2019

No segundo caso, o motorista de um Renault Sandero prata abordou uma jovem no Jardim Social e depois de ameaçá la com uma faca de uma arma, obrigá-la a entrar no carro, cometeu o estupro no banco de trás do veículo

namorada-suspeito-maniaco-do-sandero-curitiba-estupro-jardim-social

A vítima foi estuprada a poucos metros de casa. (Foto: Reprodução/Câmera de segurança)

23 de dezembro de 2019

No dia 23 de dezembro, uma jovem de 20 anos andava por uma rua do bairro São Lourenço quando foi abordada por um homem que também dirigia um Renault Sandero prata. Percebendo o perigo, a garota pediu socorro para a mãe por telefone e conseguiu escapar porque a mulher correu para encontrar a filha. 

namorada-suspeito-maniaco-do-sandero-curitiba-sao-lourenco

A tentativa de abordagem no São Lourenço também foi filmada. (Foto: Reprodução/Câmera de segurança)

O que diz a defesa

O advogado de Guilherme faz questão de pontuar que seu cliente não está preso pelos crimes cometidos pelo ‘Maníaco do Sandero’, mas sim por suspeita de outros crimes.“A questão do Sandero, ela faz parte de uma investigação, hoje o que ele responde é somente pelo porte ilegal de arma de fogo e pelo crime de falsidade ideológica”, disse. 

*Com informações de William Bittar, da RIC Record TV