Mundo Animal

Tamanduá-mirim é visto passeando pelo centro de cidade do Paraná

O animal adulto estava saudável e foi solto em seu habitat natural; em março outro tamanduá-mirim já havia sido resgatado na região

Caroline
Caroline Berticelli / Editora com reportagem da RIC Record TV, Oeste
Tamanduá-mirim é visto passeando pelo centro de cidade do Paraná
Foto: Divulgação/Corpo de Bombeiros

16 de setembro de 2020 - 15:14 - Atualizado em 16 de setembro de 2020 - 15:28

Um tamanduá-mirim foi flagrado durante um passeio pelas ruas de Barracão, no sudoeste do Paraná, no início da manhã desta quarta-feira (16).

De acordo com o Corpo de Bombeiros, o animal adulto estava no centro da cidade e foram moradores que acionaram a equipe por volta das 6h10. Quando os bombeiros chegaram ao local, o tamanduá estava sob o portão de uma residência. 

Foto: Divulgação/Corpo de Bombeiros

Após ser resgatado e constatado que estava saudável, o tamanduá foi solto em seu habitat natural

Em março deste ano, outro tamanduá-mirim foi resgatado na região. Na ocasião, o animal estava na escadaria de um edifício em Dionísio Cerqueira, município do extremo-oeste catarinense que faz divisa com Barracão e com Argentina. 

Tamanduá-mirim

O tamanduá-mirim pode ser encontrado em várias florestas e cerrados da América do Sul. Ele é uma das três espécies de tamanduás que ocorrem no Brasil e tem uma expectativa de vida de cerca de 15 anos. Seu corpo mede entre 87 e 110 cm e ele pode pesar até 7 kg. É um animal Insetívoro, ou seja, que se alimenta de cupins, formigas, abelhas e mel, e não é considerado ameaçado de extinção.