Mundo Animal

Jiboia mais rara do mundo é encontrada por acaso no Brasil

Até hoje foram capturados apenas dois exemplares vivos da Jiboia-do-Ribeira

Redação RIC Mais
Redação RIC Mais
Jiboia mais rara do mundo é encontrada por acaso no Brasil
Foto: Divulgação

25 de novembro de 2020 - 16:36 - Atualizado em 25 de novembro de 2020 - 16:44

Um exemplar vivo da jiboia mais rara do mundo foi encontrado em Sete Barras, na região do Vale do Ribeira, no interior de São Paulo. Ela foi descoberta, por acaso, por moradores e guardas-florestais no fim de outubro, mas a informação só foi divulgada nesta quarta-feira (25).

A Jiboia-do-Ribeira (Corallus cropanii) foi descrita pelo herpetólogo Alphonse Richard Hoge, em 1953, com base em um único exemplar que foi doado ao Instituto Butantan. 

Em 2017, foi possível a captura da primeira Jiboia-do-Ribeira com vida, também em Sete Barras, após cerca de 60 anos de procura. Ela foi estudada e, posteriormente, devolvida à natureza com um transmissor que auxiliou os pesquisadores nos estudos sobre a espécie.  

Ao todo, até hoje, o Instituto Butantan recebeu quatro exemplares da Jiboia-do-Ribeira mortos, uma foto de um animal morto e dois capturados vivos. 

A jiboia será devolvida à natureza após ser estudada. (Foto: Reprodução/Acervo Fundação Florestal)

A Jiboia-do-Ribeira é tão rara porque sua distribuição é restrita ao estado de São Paulo, especificamente nos municípios de Miracatu, Pedro de Toledo, Eldorado, Sete Barras e Santos. O que torna ela uma espécie endêmica da Mata Atlântica, ou seja, existe exclusivamente apenas na Mata Atlântica.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.