Mundo Animal

Gato de estimação morre ao proteger crianças de uma das cobras mais venenosa do mundo

O bichano chamado Arthur impediu que uma cobra marrom oriental picasse os filhos pequenos de seus tutores 

Redação RIC Mais
Redação RIC Mais
Gato de estimação morre ao proteger crianças de uma das cobras mais venenosa do mundo
Foto: Reprodução/Facebook Serviço de Emergência Animal de Queensland

16 de fevereiro de 2021 - 17:46 - Atualizado em 16 de fevereiro de 2021 - 17:49

Um gato morreu após travar uma luta com uma das cobras mais venenosas do mundo em Queensland, Austrália, para proteger os filhos de seus donos que brincavam no quintal de casa. 

De acordo com Serviço de Emergência Animal da cidade, o bichano de pelo curto, chamado Arthur, atacou a cobra marrom oriental quando ela deslizava em direção às crianças. 

Arthur conseguiu matar o réptil, mas acabou picado antes do final da batalha. Após receber a dose de veneno, ele desmaiou imediatamente e recobrou a consciência mais tarde. Embora seus tutores tenham percebido que havia algo errado, eles não imaginavam o gatinho de estimação estava à beira da morte

Foi só no dia seguinte, quando Arthur desmaiou novamente, que ele foi levado a um veterinário. Conforme o The Mirror, logo no início da consulta, sua família foi avisada de que ele não resistiria. 

Em um post de homenagem, feito no Facebook, a equipe veterinária do Serviço de Emergência Animal contou sobre o feito do gato. “Sua família, compreensivelmente devastada, lembra-se dele com carinho e é eternamente grata por ele ter salvado a vida das crianças. Arthur estava sempre se metendo em travessuras, ele já havia nos visitado antes, por pequenos acidentes e era muito querido por nossa equipe”, 

Cobra marrom oriental 

A cobra marrom oriental, também conhecida como cobra marrom comum, é considerada a espécie de cobra mais perigosa da Austrália. Ela é nativa da parte leste e central do país e do sul da Nova Guiné.

Conhecida por ser muito agressiva e perseguir suas presas ou quem considera ameaça até fora de seu território, ela é capaz de picar várias vezes a vítima em um único ataque.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.