Notícias

Mulher tem casa invadida, é espancada e precisa ser levada ao hospital; ex-marido é suspeito

A mulher estava sozinha em casa e afirma que não se lembra de tudo o que aconteceu, pois acabou desmaiando. Ao acordar, percebeu que havia vomitado e estava com hematomas em diversas partes do corpo

Daniela
Daniela Borsuk com informações da repórter Daniela Sevieri, da RIC Record TV Curitiba
Mulher tem casa invadida, é espancada e precisa ser levada ao hospital; ex-marido é suspeito
(Foto: Reprodução/ RIC Record TV)

15 de julho de 2021 - 11:31 - Atualizado em 15 de julho de 2021 - 11:39

Uma mulher, de 55 anos, foi brutalmente espancada e precisou ser encaminhada para o Hospital do Trabalhador após ter a casa invadida. O suspeito de cometer o crime é ex-marido da vítima e ainda não foi preso até essa quinta-feira (15). A situação aconteceu no bairro Gralha Azul, em Fazenda Rio Grande, na Região Metropolitana de Curitiba, no domingo (11).

Câmeras de segurança flagraram o momento em que o homem chega até a residência, entra pelo portão e dá diversos chutes até conseguir abrir a porta da frente, que estava trancada. Um tempo depois, o suspeito aparece novamente, saindo correndo e pulando o muro.

A mulher estava sozinha no interior da casa e afirma que não se lembra de tudo o que aconteceu. “Ele entrou na minha casa, arrombou a porta da sala e me agrediu, mas eu não me lembro. Eu acho que na primeira que ele me deu, eu já desmaiei”, detalhou a vítima. Ela diz que, ao acordar, percebeu que havia vomitado, estava com hematomas em diversas partes do corpo e que tinha sangue no chão.

A Polícia Militar e o Siate foram acionados e a mulher foi levada para o hospital para receber atendimento. As câmeras ainda registraram que, mais de quatro horas depois, o suspeito voltou até a casa da ex-esposa, parou na frente da residência, ameaçou ir embora, mas acabou pulando o portão e entrando novamente no imóvel. Ele deixou um recado para a mulher nos azulejos da cozinha, escrito com caneta roxa, afirmando que a culpa pela agressão era da vítima.

Veja o vídeo:

A Polícia Civil investiga o caso através da delegacia de Fazenda Rio Grande e já solicitou uma medida protetiva para que o suspeito não possa se aproximar da ex-esposa.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.