Notícias

Mulher morre após ter 98% do corpo queimado ao acender churrasqueira

Wellington Martins teve 35% do corpo queimado, e segue internado em estado grave

Renata
Renata Nicolli Nasrala / Editora
Mulher morre após ter 98% do corpo queimado ao acender churrasqueira
Jovem não resistiu e morreu um dia após o acidente em Vera Cruz (SP). (Foto: Reprodução Record TV)

18 de setembro de 2019 - 00:00 - Atualizado em 18 de setembro de 2019 - 00:00

Uma mulher morreu após ter 98% do corpo queimado ao acender uma churrasqueira ao lado do marido no último domingo (15), em Vera Cruz, no interior de São Paulo (SP).

Natali Steffani Martins Iligaray, de 22 anos, auxiliava o esposo Wellington Martins, de 23, quando o incidente aconteceu.

Mulher morre após ser queimada em churrasqueira

De acordo com informações da Record TV, Natali Steffani Martins Iligaray não resistiu aos ferimentos e veio a óbito nesta segunda-feira (16).

Wellington teve 35% do corpo queimado, e segue internado em estado grave no Departamento de Queimados da Santa Casa.

A polícia instalou um inquérito para investigar o caso. A suspeita é que o uso de álcool líquido tenha ocasionado a explosão.