Mundo Animal

Mulher que fez desafio da farinha com cães em Londrina é ouvida pela polícia

Lucas
Lucas Sarzi
Mulher que fez desafio da farinha com cães em Londrina é ouvida pela polícia
(FOTO: REPRODUÇÃO)

12 de maio de 2020 - 00:00 - Atualizado em 1 de julho de 2020 - 15:43

A mulher que fez um vídeo com o “desafio da farinha” com dois cachorros se apresentou à Polícia Civil nesta terça-feira (12). Ela foi, com um advogado, até a Delegacia de Londrina, no Norte do Paraná, onde foi ouvida. Pela lei, a mulher não ficou presa.

Ela continua com os cachorros. Segundo o delegado Matheus Laiola, da Delegacia do Meio Ambiente, a mulher tentou se defender das acusações por causa do vídeo.

“Ela disse que não teve intenção alguma em maltratar os cachorros, que era só uma brincadeira”, contou o delegado.

Junto com a mulher, além de um advogado, estava também o marido dela, que foi o responsável por filmar o momento em que ela enfiava a cabeça dos cachorrinhos na farinha. O marido também foi ouvido.

Ouvida, mas vai responder em liberdade

Segundo o delegado, a parte mais revoltante da história toda é que a mulher e o marido foram ouvidos, mas vão responder em liberdade. “Em razão da nossa lei frouxa, eles foram ouvidos e liberados. Irão responder por maus-tratos, mas em liberdade”, disse Matheus Laiola.

Ainda conforme o que apurou o delegado, a Polícia Civil de Londrina aproveitou o laudo que foi encaminhado pela Delegacia do Meio Ambiente de Curitiba. “O laudo que a gente encaminhou para lá, que indica os maus-tratos, está nos autos”.

View this post on Instagram

👉🏻 Novidade sobre o caso do Desafio da Farinha em Londrina A criminosa acabou de ser ouvida pela Polícia Civil de Londrina, e como era de se esperar, na presença de um Advogado, disse que não teve intenção alguma em maltratar os cachorros, que era só uma brincadeira, blá blá blá. Seu esposo, que filmou tudo, também foi ouvido pela Polícia Civil. Irão responder por maus-tratos. Mas agora vem a parte revoltante. Eles se recusaram a devolver os animais. A Prefeitura de Londrina foi até a residência da investigava e lavrou 2 autos de infração: um pelo maus-tratos, e outro pela recusa em devolver os animais. Em razão da nossa lei frouxa, eles foram ouvidos e liberados- irão responder o processo em liberdade. Os animais continuam com os investigados, e vamos trabalhar para, legalmente, retirá-los deles. @luisamell @del.brunolima @fredcostadep @randelsilvaoficial

A post shared by Matheus Laiola (@delegado.matheuslaiola) on

Casal se recusou a entregar os animais

Além do depoimento, o objetivo da Polícia Civil era o de que o casal entregasse os cachorros que aparecem no vídeo, mas a mulher se recusou a entregá-los.

“Ela apresentou um laudo de uma médica veterinária de Londrina, atestando as boas condições dos animais. Mas acreditamos que estes animais têm que ser retirados dela”, destacou o delegado Matheus Laiola.

Ainda de acordo com o delegado, uma equipe da Prefeitura de Londrina foi até a casa da investigada e lavrou dois autos de infração: um pelos maus-tratos e outro pela recusa em devolver os animais. “Os animais continuam com os investigados, mas vamos trabalhar, dentro da lei, para para que eles percam a guarda“.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.