Notícias

MPF pede na Justiça a exigência de exame de Covid em voos nacionais

Reuters
Reuters
MPF pede na Justiça a exigência de exame de Covid em voos nacionais
Avião se prepara para pousar no aeroporto Santos Dumont, no Rio de Janeiro

18 de fevereiro de 2021 - 18:51 - Atualizado em 18 de fevereiro de 2021 - 18:55

BRASÍLIA (Reuters) – O Ministério Público Federal (MPF) entrou com ação na Justiça Federal no Ceará para determinar que a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) e a União exijam teste de Covid-19 para passageiros e tripulantes em voos nacionais, com objetivo de conter o avanço da epidemia da doença diante da disseminação de novas variantes do coronavírus.

Na ação, conforme comunicado, o MPF pede a proibição de embarque a quem deixar de apresentar exame de detecção do tipo RT-PCR com resultado negativo para Sars-Cov-2 , realizado com antecedência máxima de 72 horas da partida do voo ou de seu desembarque.

A vedação, se determinada pela Justiça, teria validade para voos comerciais e voos privados (particulares, alugados ou fretados).

O Brasil registra mais de 243 mil mortes e 10 milhões de infectados por Covid-19 e tem tido nos últimos dias mais de 1 mil óbitos diários.

No comunicado, os procuradores destacam que o número de pessoas infectadas tende a ter forte crescimento se não forem adotadas sérias medidas de distanciamento social e restrições ao livre trânsito de pessoas no tráfego aéreo.

(Reportagem de Ricardo Brito)

tagreuters.com2021binary_LYNXMPEH1H1R9-BASEIMAGE

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.