Notícias

Motoristas e cobradores aceitam acordo e linhas de ônibus voltam a operar

Redação RIC Mais
Redação RIC Mais

10 de janeiro de 2017 - 00:00 - Atualizado em 10 de janeiro de 2017 - 00:00

Foto: Divulgação/Sindimoc

Funcionários da Tamandaré Filial podem fazer paralisação na sexta-feira se não receberem

Motoristas e cobradores de duas empresas que tiveram assembleia e paralisação nesta terça-feira voltaram ao trabalho. Uma terceira empresa, a Tamandaré Filial, também teve assembleia, porém seus funcionários não deixaram de trabalhar – eles podem entrar em greve na sexta-feira caso não recebam os salários atrasados.  

Já os funcionários das empressas CCD e Viação São José Filial interromperam suas funções, afetando mais de 60 linhas ao longo do dia. O motivo foi justamente o atrasado do pagamento de salários. 

Pouco antes das 12h, informou o Sindicato dos Motoristas e Cobradores de Curitiba e Região (Sindimoc), os funcionários da CCD aceitaram um acordo para o recebimento de 80% do salário nesta terça-feira e 20% amanhã (11). Com esse compromisso firmado, os funcionários voltaram ao trabalho.

Após as 15h, a Viação São José Filial também chegou a um acordo com os trabalhadores – a empresa propôs pagar 35% do salário atrasado hoje e mais 25% amanhã, sendo que 40% já estavam pagos. Os motoristas aceiram a proposta e retornaram às suas funções. 

No dia 20, os funcionários da VSJF têm vales para receber, e devem fazer paralisação caso isso não aconteça – a empresa anunciou que não terá como pagá-los em dia. 

 

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.