Notícias

Motorista embriagado que matou idosa na calçada em Almirante Tamandaré é condenado a 9 anos de prisão

O acidente foi registrado no dia 16 de março de 2019 e, na ocasião, o suspeito atingiu a vítima na calçada enquanto conduzia o veículo bêbado e fugiu sem prestar socorro

Daniela
Daniela Borsuk com informações de Thais Travençoli, da RIC Record TV Curitiba
Motorista embriagado que matou idosa na calçada em Almirante Tamandaré é condenado a 9 anos de prisão
(Foto: Reprodução/ RIC Record TV)

5 de agosto de 2021 - 14:08 - Atualizado em 5 de agosto de 2021 - 14:08

Nelson Gobetti, o motorista acusado de atropelar e matar a idosa Terezinha de Assis, de 69 anos, foi condenado a nove anos e quatro meses de prisão em regime fechado. O julgamento foi realizado nesta quarta-feira (4), em Almirante Tamandaré, na Região Metropolitana de Curitiba. O acidente foi registrado no dia 16 de março de 2019 e, na ocasião, o suspeito atingiu a vítima na calçada enquanto conduzia o veículo bêbado, fugiu sem prestar socorro e foi preso em casa, se escondendo debaixo do colchão.

Nelson foi condenado por homicídio simples com dolo eventual, já que a Justiça entendeu que o homem assumiu o risco de matar ao dirigir embriagado.

Acidente

De acordo com as investigações, o homem invadiu a calçada onde a vítima estava e atropelou a idosa, que teve o corpo arrastado por alguns metros. Depois, fugiu sem prestar socorro. Terezinha chegou a ser socorrida e encaminhada para o hospital, mas não resistiu aos ferimentos. Nelson foi preso, mas foi solto logo após pagar a fiança. 

Em fevereiro de 2020, uma audiência de instrução foi marcada, mas o suspeito não compareceu. Em dezembro de 2020, Nelson foi preso novamente ao ser flagrado em uma blitz na Região Metropolitana de Curitiba, com uma identidade falsa e dirigindo embriagado.