Notícias

Motorista bêbado que matou duas jovens na BR-470 tem prisão decretada

Redação RIC Mais
Redação RIC Mais

25 de fevereiro de 2019 - 00:00 - Atualizado em 25 de fevereiro de 2019 - 00:00

DUAS DAS CINCO JOVENS MORRERAM EM ACIDENTE CAUSADO POR MOTORISTA EMBRIAGADO (FOTO: MONTAGEM REDAÇÃO RIC MAIS)

Segundo informações da Polícia Rodoviária Federal (PRF), o acidente ocorreu por volta das 6h, quando um Jaguar conduzido por um homem embriagado de 31 anos bateu de frente com o Palio que levava as cinco jovens

O motorista bêbado responsável pelo acidente que vitimou duas pessoas e deixou três feridas no município de Gaspar, no Vale do Itajaí, neste sábado (23), teve prisão preventiva decretada neste domingo (24), após uma audiência de custódia. O homem, de 31 anos, dirigia um Jaguar na BR-470 quando colidiu frontalmente com um Palio onde havia cinco jovens entre 18 e 25 anos.

Duas vítimas fatais

Suelen Hedler da Silveira, de 21 anos, morreu no local após ficar presa às ferragens. Amanda Grabner, de 18 anos, morreu no hospital algumas horas após o acidente. 

Outras três jovens que estavam no Fiat Palio também foram hospitalizadas, mas nenhuma corre risco de morto. 

Acidente na BR-470

Segundo informações da Polícia Rodoviária Federal (PRF), o acidente ocorreu por volta das 6h de sábado, quando um Jaguar conduzido por um homem embriagado de 31 anos bateu de frente com o Palio que levava as cinco jovens. Após realizar o teste de bafômetro, a PRF prendeu o motorista em flagrante. 

O homem dirigia um Jaguar (Foto: divulgação)

Nota da PRF SC

De acordo com informações do portal O Blumenauense, uma testemunha teria visto o veículo andando em zigue zague pela rodovia. O motorista entrou em contato com a PRF de Blumenau para avisar sobre o ocorrido, mas o Jaguar não foi parado antes da tragédia acontecer.

Polícia Rodoviária Federal de Santa Catarina emitiu uma nota e reconheceu o recebimento de duas ligações sobre o veículo. “Os policias consultaram a placa repassada e não batia com um Jaguar. Provavelmente porque a ligação não estava boa. nfelizmente várias pessoas ligam para a PRF prestando informações falsas ou trote, o que acaba por diminuir a credibilidade das denúncias. No caso de hoje, infelizmente a denúncia era verdadeira”.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.