Coronavírus

Prefeitura de Londrina confirma mais duas mortes por coronavírus no Hospital Universitário

Pacientes eram moradores de Londrina e Bandeirantes

Guilherme
Guilherme Becker / Editor
Prefeitura de Londrina confirma mais duas mortes por coronavírus no Hospital Universitário
(FOTO: DIVULGAÇÃO)

18 de abril de 2020 - 00:00 - Atualizado em 1 de julho de 2020 - 15:44

Mais duas mortes por coronavírus no Paraná foram confirmadas na manhã deste sábado (18). Ambos os óbitos foram registrados no Hospital Universitário (HU), em Londrina, na região norte do estado. Os pacientes eram uma mulher, de 50 anos, moradora da cidade e um homem, de 75 anos, que era residente de Bandeirantes.

De acordo com o último boletim da Secretaria de Estado da Saúde (Sesa), divulgado no final da tarde desta sexta-feira (17), o Paraná tinha registrado 44 mortes.

Mortes por coronavírus no Paraná

Com o registro das duas mortes pelas secretarias municipais, a Sesa deve atualizar o número de óbitos no Estado no boletim deste sábado (18). Agora, a cidade de Londrina chega a seis mortes e é o segundo município com mais óbitos no Paraná, atrás apenas de Curitiba, que soma 8.

em Bandeirantes esta é a primeira morte pela covid-19. Até esta sexta-feira (17), a cidade contava com três pacientes infectados. 

Londrina define novas medidas para o comércio

Em live, realizada nesta sexta-feira (17), a Prefeitura de Londrina decidiu pela volta da abertura do comércio na próximo segunda-feira (20). De acordo com as orientações, agora as lojas poderão funcionar em horário especial e com algumas medidas preventivas contra o novo coronavírus.

Confira os principais pontos da live:

  • Comércio volta segunda 20/4 das 10 as 16 horas
  • Bares e restaurantes também podem retornar com distanciamento entre as mesas e capacidade máxima de 50%
  • Parques permanecem fechados
  • Igrejas abertas mas somente atendimentos individuais (não pode culto) em razão de decreto do governo do estado
  • Shoppings, galerias e academias permanecem fechados em razão de decreto do governo do estado
  • Entrada no comércio obrigatório uso de máscara e álcool em gel. Assim como no transporte público
  • Serviços como cabeleireiros e clínicas abertos a partir de 20/04 desde que respeitem espaçamento de horários para marcar os clientes
  • Escolas e faculdades permanecem fechadas
  • Obrigatório uso de máscara para entrar em qualquer estabelecimento
  • Manter o distanciamento social, evitar locais com aglomeração de pessoas

Assista ao vídeo: