Notícias

Morre idosa agredida por enfermeiro em UTI de hospital

Redação RIC Mais
Redação RIC Mais

2 de maio de 2017 - 00:00 - Atualizado em 2 de maio de 2017 - 00:00

Os hematomas que apareceram no rosto da idosa de um dia para o outro chamaram a atenção de um médico que passou pelo quarto (Foto: reprodução/ Record TV)

Um atestado com as causas da morte da aposentada deve ser anexado ao inquérito policial que apura as agressões

A idosa que foi agredida por um enfermeiro do Hospital do Servidor, em São Paulo, morreu e foi enterrada nesta segunda-feira (1º). Familiares e amigos foram se despedir de Thereza de Jesus Garcia, em um cemitério da zona norte da capital. Um atestado com as causas da morte da aposentada deve ser anexado ao inquérito policial que apura as agressões.

No dia 16 de abril, um médico constatou um hematoma no rosto da aposentada que se recuperava, na UTI da unidade, de um cirurgia. Questionada, a própria paciente relatou que foi agredida por um dos enfermeiros do plantão noturno. Diante da situação a unidade identificou e afastou imediatamente o funcionário”, diz a nota do hospital.

A pedido da família, a idosa gravou um vídeo para registrar a acusação contra um enfermeiro. O relato da senhora ganhou muita repercussão nas redes sociais. A família ficou revoltada e acionou a Justiça.

Veja também

Idosa morre de infarto enquanto andava de bicicleta

Grupo assalta lar de idosos e agride moradores em Curitiba

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.