Marc Sousa
Fala Marc!

Por Marc Sousa

Política
Marc Sousa

Moradores de rua rejeitam vacinas em Curitiba

“Uns tem medo da vacina, outros não se vacinam porque é recomendado não beber durante algumas horas. Outros até desistiram do café da manhã por medo da vacina”, relatam as agentes de saúde

Moradores de rua rejeitam vacinas em Curitiba
(Foto: Daniel Castellano / SMCS)

8 de junho de 2021 - 10:12 - Atualizado em 8 de junho de 2021 - 10:19

A prefeitura de Curitiba começou hoje, 8, a vacinação de pessoas em situação de rua contra a Covid-19. Até o momento várias equipes de saúde estão de “braços cruzados, esperando”, como relatou uma agente da prefeitura a esta coluna. Na Casa de Passagem Rockfeller, mantida pela Fundação de Ação Social (FAS) no bairro Rebouças, a equipe de saúde chegou antes das 8 horas da manhã para vacinar os usuários, mas até agora não aplicou nenhuma dose. “Uns tem medo da vacina, outros não se vacinam porque é recomendado não beber durante algumas horas. Outros até desistiram do café da manhã por medo da vacina”, afirmam as responsáveis pelas aplicações.

A ação faz parte do Plano Nacional de Imunização, e neste primeiro momento deverão ser vacinados os acolhidos em Casas de Passagem, Hotéis Sociais, Unidades de Acolhimento Institucional (UAI) e Repúblicas. A imunização deste público está prevista para ir até a próxima sexta, 11.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.