Notícias

Conclusão de inquérito: morador de rua foi assassinado por inveja em Curitiba

O crime ocorreu no bairro Boqueirão e foi registrado por uma câmera de segurança

Caroline
Caroline Berticelli / Editora com reportagem de Thaís Travençoli da RIC Record TV, Curitiba
Conclusão de inquérito: morador de rua foi assassinado por inveja em Curitiba
Foto: Reprodução

16 de abril de 2020 - 00:00 - Atualizado em 1 de julho de 2020 - 14:46

A Polícia Civil do Paraná concluiu o inquérito policial que apurou a morte do morador de rua Dirceu Luiz Arruda, de 46 anos, assassinado a facadas no bairro Boqueirão, em Curitiba, em agosto de 2019. (Veja vídeo abaixo)

Segundo a investigação, o crime foi motivado porque outro indigente queria tomar o lugar onde Arruda costumava ficar para obter as vantagens, que segundo ele, a vítima tinha no local.

“Nós temos uma vítima inocente que era um morador de rua muito bem quisto. Os moradores do Boqueirão vieram aqui [na delegacia] pedir explicações a respeito do fato porque a vítima morava pela rua, cuidava das lojas, era muito bem quisto, recebia alimento das pessoas. Infelizmente, ele chamou a atenção do investigado que querendo usurpar o seu ponto acabou matando-o”, explica o delegado Tito Livio Barichello, da  Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP). 

No dia do crime, os dois teriam começado a discutir até que, em determinado momento da briga, o suspeito desferiu diversos golpes de faca contra Arruda, que não teve como se defender. A ação foi registrada por uma câmera de segurança. 

O autor do crime foi identificado e localizado em Paranaguá, no litoral do Paraná, em fevereiro de 2020. Ainda conforme a polícia, ele foi indiciado por homicídio duplamente qualificado porque não houve nenhum motivo contundente para o crime.

Assista ao vídeo: