Notícias

Ministro da Defesa de Israel quer inquérito sobre tumulto que matou 45 em festival religioso

Reuters
Reuters
Ministro da Defesa de Israel quer inquérito sobre tumulto que matou 45 em festival religioso
Ministro da Defesa de Israel, Benny Gantz, em Washington

17 de junho de 2021 - 08:29 - Atualizado em 17 de junho de 2021 - 08:31

Por Ari Rabinovitch

JERUSALÉM (Reuters) – O ministro da Defesa de Israel propôs nesta quinta-feira que o novo governo do país inicie uma investigação oficial sobre o tumulto em um festival religioso judeu que matou 45 pessoas em abril.

Dezenas de milhares de judeus ultra-ortodoxos se amontoaram na tumba do rabino Shimon Bar Tochai, que viveu no Século 2, na Galileia em 30 de abril para a celebração anual Lag B’Omer, que inclui orações ao longo da noite e danças e músicas místicas.

Durante a cerimônia, parte da multidão se amontoou em um túnel estreito e os 45 peregrinos, incluindo crianças, foram asfixiados ou pisoteados, chocando o país e os familiares das vítimas que vieram do exterior. Mais de 150 pessoas ficaram feridas no tumulto.

Benjamin Netanyahu, que era o primeiro-ministro do país na ocasião, prometeu uma investigação ampla, mas seu governo, que incluía ministros ultra-ortodoxos, nunca tomou uma ação formal e o aumento das hostilidades entre Israel e o grupo militante palestino Hamas surgiu menos de duas semanas depois.

“É uma dívida moral com as famílias, e não menos relevante, uma medida importante que busca evitar eventos trágicos como este no futuro”, disse o ministro da Defesa, Benny Gantz. As Forças Armadas de Israel ajudaram nos esforços de resgate após o tumulto.

Alguns israelenses questionaram se o governo anterior e a polícia relutaram em limitar o tamanho da multidão que poderia comparecer ao evento por causa da pressão de líderes religiosos e políticos ultra-ortodoxos.

Gantz disse que a decisão de abrir um inquérito tem o apoio do primeiro-ministro Naftali Bennett e de outros membros importantes do gabinete. Ela será discutida pelo novo governo no domingo.

tagreuters.com2021binary_LYNXNPEH5G0PI-BASEIMAGE

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.