Internacionais

México deposita esperança em divisão de vacinas com EUA após meta de 100 dias de Biden

Reuters
Reuters
México deposita esperança em divisão de vacinas com EUA após meta de 100 dias de Biden
López Obrador durante conversa virtual com Biden

2 de março de 2021 - 17:11 - Atualizado em 2 de março de 2021 - 21:19

CIDADE DO MÉXICO (Reuters) – O presidente do México, Andrés Manuel López Obrador, disse nesta terça-feira que espera que os Estados Unidos consigam compartilhar vacinas contra Covid-19 assim que seu colega Joe Biden atingir a meta de inocular 100 milhões de norte-americanos em 100 dias.

Embora não se tenha chegado a um acordo, López Obrador afirmou que ele e Biden combinaram que equipes dos dois países estudarão as possibilidades de dividir vacinas com México.

“A possibilidade não está fechada”, disse López Obrador em uma coletiva de imprensa um dia depois de uma reunião virtual com Biden, referindo-se ao seu pedido para que os EUA ajudem a compensar a carência de suprimentos de vacina do México.

“Mas ela está sujeita à decisão a ser tomada por equipes do México e dos Estados Unidos. Eles decidirão se é possível, e quando”, acrescentou.

Antes da reunião, a Casa Branca disse que sua prioridade é vacinar todos os norte-americanos.

No mês passado, Biden declarou estar confiante de que conseguirá superar a meta de seu governo de administrar 100 milhões de vacinas durante seus 100 primeiros dias no cargo – data que se encerra no final de abril.

López Obrador disse que ele e Biden não discordam sobre o tema e que os dois trocaram convites de visitas mútuas.

O presidente mexicano também demonstrou apoio aos planos de reforma de Biden para uma possível legalização da situação de moradia de imigrantes sem documentos que moram nos EUA.

(Por Daina Beth Solomon)

tagreuters.com2021binary_LYNXNPEH211F3-BASEIMAGE

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.