Notícias

Menino de 4 anos é encontrado com caneta cravada na pescoço; mãe de 15 anos é a principal suspeita

A criança segue internada em estado grave e a Polícia Civil deve investigar o caso como tentativa de homicídio

Aline
Aline Taveira / Produtora
Menino de 4 anos é encontrado com caneta cravada na pescoço; mãe de 15 anos é a principal suspeita
(Foto: Reprodução)

18 de outubro de 2021 - 07:41 - Atualizado em 18 de outubro de 2021 - 07:41

Uma criança de quatro anos foi encontrada com uma caneta cravada na garganta e fios enrolados no pescoço na manhã deste domingo (17), em um abrigo para menores em João Pessoa, na Paraíba. Segundo a delegada, Joana Darc, a situação deve ser tratada como tentativa de homicídio e a mãe da criança, de 15 anos, é a principal suspeita.

Segundo a delegada, menino vive com a mãe no local há cerca de oito meses. Funcionários do abrigo disseram que a adolescente de 15 anos acordou gritando dizendo que o filho estava machucado e encontraram a criança com a caneta cravada e fios das conexões de internet envoltos no pescoço.

A criança foi encaminhada para o Hospital de Emergência e Trauma de João Pessoa e segue internada em estado grave. A mãe nega ter sido a autora da violência.

Ainda segundo a delegada, mãe e filho dormiam sozinhos no quarto e a adolescente afirmou que teve um pesadelo durante a madrugada, o que pode indicar a ocorrência de um surto psicótico. Após ser ouvida, a adolescente segue detida na carceragem da Central de Polícia. Segundo o Paraíba.com, ela deve passar por audiência nesta segunda-feira (17), com o Ministério Público da Paraíba.