Notícias

Suspeito de matar jovem que atropelou seu cachorro é preso

O homem, de 38 anos, nega o crime; testemunhas afirmam que viram ele atirando contra a vítima

Caroline
Caroline Berticelli / Editora
Suspeito de matar jovem que atropelou seu cachorro é preso
Miguel Rodrigues Alves Júnior foi executada cerca de 9 horas depois de atropelar o animal. (Foto: reprodução/RIC Record TV)

30 de setembro de 2019 - 00:00 - Atualizado em 1 de julho de 2020 - 16:18

O suspeito de matar um jovem que atropelou seu cachorro em Maringá, no noroeste do Paraná, foi preso no fim da tarde última sexta-feira (27). Miguel Rodrigues Alves Júnior, de 20 anos, foi executado com 13 disparos de arma de fogo. (Assista reportagem abaixo)

O homem, de 38 anos, nega o crime. Ele foi localizado embaixo de um viaduto entre as avenidas Guaiapó e Franklin Delano Rooselvelt, após uma denúncia anônima que apontou seu paradeiro.

“Ele foi interrogado aqui por nós, só que bastante alterado pelo uso de entorpecentes. Ele conhece a vítima a bastante tempo, confirmou que mora ali próximo a vítima, só que, a princípio, ele nega a autoria do crime. Ele fala que não aconteceu nada disso, que não sabe porque tá sendo acusado, mas a versão dele é totalmente fora do que as testemunhas nos relataram. As testemunhas confirmam que realmente foi ele o autor desse crime”, explicou o delegado Diego Elias de Almeida, da Polícia Civil. 

Em depoimento, o suspeito também afirmou que ameaçou a vítima com uma arma de mentira. “Ele alega que é algum tipo de simulacro, alguma coisa, mas simulacro não teria dado 13 disparos”, disse o tenente Rafael Prado, da Polícia Militar. 

Atropelamento do cachorro pode ser sido a gota d’água

Ainda conforme o delegado, a suspeita de que o homem assassinou o vizinho por causa do atropelamento do cachorro consta nos autos. No entanto, como o homem tem histórico de uso de drogas e a vítima, no passado, teria envolvimento com o tráfico, pode ser que já existia uma desavença entre os dois. 

“A gente suspeita que não teria sido apenas por conta desse atropelamento, desse cachorro. A gente suspeita, a princípio, que isso possa ter sido a gota d’água”, finalizou o delegado.  

Jovem é assassinado por dono do cachorro que atropelou 

Miguel Rodrigues Alves Júnior, de 20 anos, foi assassinado no início da manhã de sexta-feira (27), por volta das 7h30, no pátio de sua própria residência. Ele foi morto após discutir com dono do cachorro que havia atropelado na noite de quinta-feira (26).

Veja a reportagem completa:

O Balanço Geral Maringá conta todos os detalhes.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.