Notícias

Maringá cria serviço de acolhimento psicológico para população LGBTQIA+

Os encontros acontecerão de forma individual, presencial, inicialmente às sextas-feiras, das 14h às 17h

Redação RIC Mais
Redação RIC Mais
Maringá cria serviço de acolhimento psicológico para população LGBTQIA+
(Foto: Divulgação)

16 de julho de 2021 - 12:00 - Atualizado em 16 de julho de 2021 - 12:01

A Prefeitura de Maringá, por meio da Gerência de Diversidade, vinculada à Secretaria de Juventude e Cidadania, oferecerá acolhimento psicológico gratuito à população LGBTQIA+ que esteja em vulnerabilidade social (desempregadas ou sem condições financeiras) e com idade acima de 18 anos.

As inscrições começam dia 20 julho e se encerram no dia 30. Os encontros acontecerão de forma individual, presencial, inicialmente às sextas-feiras, das 14h às 17h, com 50 minutos de duração para cada atendimento.

A proposta do acolhimento psicológico é uma das políticas públicas desenvolvidas pela Diretoria após a realização do mapeamento LGBTQIA+. Segundo o diretor de Diversidade, Saulo Gaspar, é importante cuidar da saúde mental dessa comunidade, já que ela é a que mais sofre violência no país e não tem muito amparo público. 

Ainda sobre o acolhimento, o diretor explica que será um espaço acolhedor, respeitando a privacidade e a confidencialidade, para conversas, escutas, vivências e realidades.

O link para inscrição será divulgado na próxima semana.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.