Notícias

Marcelo Araújo, suspeito de extorsão, se entrega à polícia em Curitiba

Redação RIC Mais
Redação RIC Mais

3 de janeiro de 2017 - 00:00 - Atualizado em 3 de janeiro de 2017 - 00:00

Chik Jeitoso e Marcelo Araújo (Foto: Facebook, Reprodução)

Ex-secretário de Trânsito de Curitiba era considerado foragido desde 28 de dezembro

Ex-secretário de Trânsito de Curitiba, o advogado Marcelo Araújo se entregou à polícia hoje (3), informou a Secretaria de Segurança Pública. 

Araújo teve a prisão decretada no dia 28 de dezembro e era considerado foragido por não ter sido encontrado em endereços de Balneário Camboriú e Curitiba relacionados a ele. 

O ex-secretário chegou a ser preso no dia 20 de dezembro, ao lado do vidente Luis Antonio Ferreira Pereira, conhecido como ‘bruxo’ Chik Jeitoso, mas conseguiu liberdade provisória. Chik Jeitoso permaneceu preso – ele está no centro de custódia em Piraquara, na Região Metropolitana de Curitiba.  

As investigações dizem que os dois extorquiam vítimas pedindo para tirar de mídias socais acusações contra elas. Em um dos casos, o valor teria chegado a R$ 5 milhões. Os extorquidos eram pessoas proeminentes – artistas, políticos, empresários. 

O advogado de Araújo alegou que seu cliente não sabia da sua prisão até ontem (2).

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.