Notícias

Manifestantes contra o Governo fazem doação de 250 cestas básicas, em Londrina

O grupo também discutiu pautas como defesa da participação popular, saúde, comida, moradia, emprego e contra as privatizações

Bruna
Bruna Melo / Repórter com informações da assessoria
Manifestantes contra o Governo fazem doação de 250 cestas básicas, em Londrina
Foto: João Ramondini

7 de setembro de 2021 - 14:20 - Atualizado em 7 de setembro de 2021 - 14:21

Em Londrina, na manhã desta terça-feira (7), dia da Independência do Brasil, manifestantes contra o governo atual do presidente Jair Bolsonaro (SEM PARTIDO) se reuniram para um ato. O grupo estava concentrado na praça do bairro União da Vitória 4. Foram entregues 250 cestas básicas à comunidade. Entre as pautas discutidas estão defesa da participação popular, saúde, comida, moradia, emprego e contra as privatizações. 

Neste ano, a Marcha dos Excluídos acontece em três atos. Dois deles foram no sábado (4) e domingo (5). Os manifestantes foram até o Centro Cultural Kaingang, em uma ação de defesa pela moradia para todos. Materiais de construção foram levados no centro para ajudar a reconstruir seis moradias que ficaram destruídas em um incêndio no começo do mês de agosto.

“Nós estamos novamente na rua para defender a democracia. O tema e o lema é que vai expressar e esclarecer o porquê estamos na rua. Nós estamos com milhões de brasileiros que são excluídos do processo da construção dessa nação”,

explica o padre José Dirceu.

A organização do Grito é das pastorais sociais, com apoio do Coletivo de Sindicatos, Levante Popular da Juventude e outros movimentos populares da cidade.