Notícias

Maior evento de negócios digitais do Brasil colocou as pessoas como centro da evolução tecnológica.

Kauana
Kauana
Maior evento de negócios digitais do Brasil colocou as pessoas como centro da evolução tecnológica.

2 de setembro de 2019 - 00:00 - Atualizado em 2 de setembro de 2019 - 00:00

Nos dias 28 e 29 de agosto aconteceu em São Paulo o principal evento de negócios digitais do país, o Expo Fórum Digitalks. Foram mais de 6000 pessoas, 220 palestrantes e um ambiente propício para negócios, novos projetos, conexões e compartilhamento de conhecimento.

Na rodada comemorativa dos 10 anos do Digitalks, Ronaldo Cavalheri, CEO da Desrobotize, foi o keynote do segundo dia de evento abrindo o auditório Digitalks Executive com a palestra provocativa “O futuro do trabalho: a parceria ideal entre homem e máquina”. Além da grande experiência de palestrar em um evento desse porte, Ronaldo também pode validar muita coisa daquilo que pensa, confrontando sua visão com grandes formadores de opinião do mercado nacional e internacional, como por exemplo, Martha Gabriel e Henrik von Scheel, e resolveu compartilhar um pouco desta experiência com os internautas do Portal RIC Mais.

A onda da vez foi a indústria 4.0, presente em muitas discussões. A quarta revolução industrial transformou os locais de trabalho trazendo novos comportamentos para a sociedade, e foi justamente neste cenário que o mercado digital ganhou o seu espaço e mudou completamente a forma de se vender e comprar. Forma mais de 120 empresas e startups que apresentavam suas soluções voltadas para esse mercado. Ferramentas para facilitar a gestão das redes sociais, promover melhor experiência para o cliente, ter melhor posicionamento orgânico nas buscas da internet, enfim, cumprir a proposta da tecnologia que é de tornar o resultado das empresas mais efetivo, otimizado e gerar maior lucro.

Mais do que falar de soluções digitais e das tendências tecnológicas que virão pela frente, o fórum deixou claro a participação das pessoas em todo esse avanço que estamos presenciando a cada dia. O ser humano está no centro dessa transformação e a criatividade e poder de adaptação serão fundamentais para garantir um futuro equilibrado na integração do trabalho humano com a tecnologia.

Ronaldo enfatiza que: “Na minha palestra eu pude compartilhar a minha visão sobre tudo isso, a qual é bastante otimista.”

Ao mesmo tempo que a tecnologia irá promover a substituição de muitos postos de trabalhos por com uma solução robotizada mais efetiva, muitos outros empregos vão surgir em função das novas soluções da mesma tecnologia, e Ronaldo completa:

“Eu vejo que o profissional do futuro tem duas grandes oportunidades de desenvolvimento, se especializar cada dia mais para criar e operar as soluções tecnológicas e a outra é potencializar as suas habilidades humanas que robô nenhum tem e é onde as pessoas irão se diferenciar e agregar valor para a sociedade.”

Com toda essa mudança que estamos vivendo a cada dia e a uma velocidade cada vez maior, não sobra alternativas a não ser se adaptar e mudar também, desenvolver novos conhecimentos e inovar nos negócios. Diante de tantos recursos como inteligência artificial, biossíntese, big data, impressão 3D, realidade aumentada entre tantas outras tecnologias de ponta, o principal diferencial ainda acaba sendo o potencial humano. “E nessa linha fico confortável com os projetos que participo e que me ajudam a abrir a minha visão de futuro, tanto como CEO do Centro Europeu que forma profissionais criativos, hospitaleiros com foco em pessoas e empreendedores, como no Labiie que gera conexões entre startups e grandes empresas para juntas se anteciparem e trazerem soluções para o futuro.”

Ronaldo defende a sua visão:“Num evento onde se fala tanto da transformação digital, que é o processo de inovação das empresas através da tecnologia, eu reforço que temos que em paralelo trabalhar a transformação humana. Sair da zona de conforto e trabalhar as potencialidades das pessoas. Trabalho maçante e repetitivo as máquinas fazem. Trabalho criativo, relacional e estimulante fica para as pessoas.”

Em um momento muito propício e de total aderência, Ronaldo levou para o Digitalks o seu mais novo projeto, a Desrobotize, que é uma ferramenta para gestão de carreira para ajudar as pessoas a saírem do piloto automático e serem responsáveis pelo seu futuro. A ferramenta funciona com base em três pilares: apropriação da tecnologia para sua área de atuação, lifelong learning – plano de aprendizado contínuo, e o desenvolvimento de soft skills – habilidades comportamentais. Na oportunidade, Ronaldo também apresentou o Humanômetro, um teste que mede o percentual de robô e de humano que uma pessoa apresenta com base em uma tendência de comportamento. Se você ficou curioso, o teste está disponível na página da desrobotize.

Ronaldo fecha a sua avaliação com uma reflexão: “A questão não é como você vai se preparar para esse futuro, mas sim como você já está se preparando. Se ainda não começou, tenha certeza de que está atrasado e é um forte candidato para ser substituído por um robô.”

Fique atento as oportunidades do ecossistema empreendedor. A Comunidade Empreendedora tem os melhores empreendedores com as melhores experiências para compartilhar com você. Participe agora e trabalhe o perfil empreendedor para o seu negócio. E aproveite, quanto mais você trabalhar pelo seu negócio, maior será a sua recompensa. Siga nossa Trilha do Sucesso e torne-se um empreendedor de destaque.