Economia

Loteamentos: uma forma segura de investir seu dinheiro

Redação RIC Mais
Redação RIC Mais

14 de julho de 2017 - 00:00 - Atualizado em 14 de julho de 2017 - 00:00

Loteamento Jardim Espanha da Santa Alice Loteamentos, localizado na região Sul de Maringá, ao lado do Loteamento Jardim Europa (Foto: Divulgação)

Facilidade de negociação, solidez de mercado, propensão a valorizar: veja esses e outros motivos que explicam por que comprar loteamentos é um ótimo negócio

Quando pensamos em investir, muitas vezes nos vemos repletos de dúvidas e receios. Não seria melhor deixar para outro momento? Não será preciso sacrificar uma fatia grande demais do salário? Os investimentos de menor risco são suficientemente rentáveis? Investir em imóveis não é algo possível apenas para quem guardou muito?

Uma alternativa ajuda a esclarecer tantas perguntas. Comprar loteamentos, por uma série de motivos, é uma escolha que equilibra menos risco e ótimos retornos. 

Um motivo sempre apontado por especialistas é o da alta procura, ou facilidade de negociação, dos loteamentos. Eles têm liquidez maior que a de casas e apartamentos, já que custam menos, sendo acessíveis a um público comprador maior. Também são, em qualquer época, um bem bastante desejado. Quem compra um loteamento e em vez de construir opta um dia por revendê-lo, portanto, consegue fazer isso mais facilmente.

Para quem vai construir, o loteamento oferece um investimento mais personalizado. Pode-se acompanhar toda a construção, escolher cada material, controlar os gastos, garantir o resultado mais próximo possível do planejado. 

O comprador do loteamento passa a ter em mãos um bem durável, cujo valor não sofre depreciação, pelo contrário: fatores como a redução dos espaços disponíveis nos centros urbanos, a melhora de infraestrutura de uma região e a já citada alta demanda constante por loteamentos tendem a valorizá-los. É o que ocorre, por exemplo, com os loteamentos no sul de Maringá, a região que mais cresce na cidade. “A valorização é ainda mais destacável quando se trata de uma região em desenvolvimento e crescimento”, explica o site especializado Urbamais.

Outro ponto vantajoso que merece ser destacado é que manter um lote, incluindo impostos e taxas municipais, é menos oneroso que imóveis já construídos e apartamentos. Finalmente, profissionais de investimentos ressaltam que a compra de um lote pode ajudar a economizar um dinheiro que seria gasto sem planejamento.

Para a compra, vale não esquecer de diversos cuidados, como verificar documentos, regularização junto à prefeitura, saneamento e infraestrutura do local. 

Também recomenda-se, é claro, procurar empresas consolidadas no mercado, porque além de formas mais propícias de pagamento oferecem maior segurança no negócio. Buscar uma empresa confiável é fundamental por fatores como a entrega do loteamento, sua venda somente após legalizado e negociações financeiras, entre outros.