Mundo Animal

Lobo-marinho aparece no litoral do Paraná em busca de comida

Redação RIC Mais
Redação RIC Mais

19 de julho de 2017 - 00:00 - Atualizado em 19 de julho de 2017 - 00:00

Lobo-marinho apareceu no Balneário de Canoas, em Pontal do Paraná. (Foto: Reprodução/Facebook/LEC)

O animal surgiu em Pontal do Paraná; sua aparição é mais comum do que se imagina

A aparição de um lobo-marinho no Balneário de Canoas, em Pontal do Paraná, na noite de terça-feira (18), chamou a atenção de moradores e dos paranaenses nas redes sociais.

Segundo Camila Domit, coordenadora do LEC (Laboratório de Ecologia e Conservação), a presença do lobo não é tão incomum: “São registradas de cinco a dez ocorrências por ano, normalmente durante o inverno. Eles se dirigem para escapar das correntes frias de seu local de origem, e também em busca de mais alimentos.”

O animal foi atendido por uma equipe do laboratório, e o atendimento médico, conforme informações da rede social do LEC, disse que os procedimentos realizados passaram por contenção, avaliação de parâmetros vitais, coletas de amostras para exames complementares e marcação.

O lobo-marinho encontrado é macho, de origem subantártica, subadulto, com comprimento de 1,45 m e 80 kg.

O fato de que estava “magro” se explica por sua atividade de migração.

Após o atendimento médico, o lobo-marinho foi devolvido à àgua.

O laboratório alerta para a possibilidade do aparecimento de novas espécimes do animal, que pode passar nas praias para descansar. Caso isso ocorra, o correto é isolar o local, manter cachorros afastados e entrar em contato com o LEC pelo número 0800 642 3341, para que os profissionais possam dar continuidade ao processo de monitoração e avaliação do lobo-marinho. O objetivo é, além de avaliar a saúde do animal, conservar a espécie e o ecossistema marinho. 

Leia mais
Equipe do Balanço Geral acompanha mergulho ecológico em expedição de limpeza submarina no litoral