Coronavírus

Litoral do Paraná tem praias fechadas, barreiras sanitárias e toque de recolher no feriado de Páscoa

Lucas
Lucas Sarzi
Litoral do Paraná tem praias fechadas, barreiras sanitárias e toque de recolher no feriado de Páscoa
Foto: Divulgação.

10 de abril de 2020 - 00:00 - Atualizado em 1 de julho de 2020 - 14:48

Com o feriado da Páscoa, que vai desta sexta-feira Santa (10) até o domingo de Páscoa (12), a possibilidade de que algumas pessoas descessem de Curitiba para o litoral fez com que as autoridades tomassem medidas necessárias. Todas as cidades litorâneas vão ter barreiras na entrada, para evitar que o movimento nestas regiões intensifique a disseminação do novo coronavírus. A orientação é para que as pessoas não desçam a serra e fiquem em casa, respeitando o isolamento social.

Em Morretes, por exemplo, a prefeitura emitiu um decreto sobre as barreiras. “Para enfrentamento da situação de emergência de saúde pública, declarada no artigo 1º do Decreto Municipal n.º 587, de 17 de março de 2020, o município de Morretes instalará Barreira Sanitária nas principais da cidade, ou seja, na região da Estrada da Graciosa (PR-410) e do Passa Sete (PR-408)“, diz o decreto.

As barreiras vão funcionar das 8h às 17h, a partir desta sexta-feira. Segundo a prefeitura de Morretes, “fica terminantemente proibida a entrada de pessoas que não residem no município de Morretes, bem como ônibus, vans e veículos de turismo”. A exceção é apenas para os casos de entrega de remédios em farmácias, hospitais e unidades de saúde, entrega de mercadorias em padarias, mercearias, mercados e estabelecimentos comerciais tidos como essenciais.

Também entram na lista de exceção ao decreto os seguranças privados, quem trabalha com o tratamento e abastecimento de água e geração de energia elétrica ou gás e combustíveis. A prefeitura também liberou o acesso a profissionais que sejam de serviços essenciais (como saúde, alimentação, abastecimento e até funerárias) e destacou que “casos peculiares poderão ser avaliados pelo responsável da Barreira Sanitária“.

praia-fechada-coronavirus-parana

Foto: Divulgação.

Outras cidades do litoral

As barreiras também vão ser instaladas em outras cidades do litoral paranaense. Entre as confirmadas estão Matinhos, Guaratuba e Pontal, que inclusive já começaram as verificações nesta quarta-feira (8). Em Matinhos – que instalou uma barreira na rodovia Alexandra Matinhos (PR-508) – e Pontal do Paraná, inclusive, as praias estão fechadas por decretos municipais e vale um toque de recolher. Na cidade portuária de Paranaguá, a prefeitura também decretou toque de recolher e multa para quem descumprir o isolamento.

Já em Guaratuba, duas barreiras foram instaladas, uma em frente ao posto da Polícia Rodoviária Estadual (PRE), em Coroados, e a outra em frente à Escola Municipal Iraci Miranda Kruger, na Prainha. Os dois pontos ficam na PR-412 e motoristas e passageiros vão passar por avaliação das condições de saúde (com medição de temperatura) antes de entrar. Quem estiver com febre vai ter que voltar para a cidade de origem ou ficar 15 dias em quarentena na cidade.

Surf suspenso também!

A Associação de Surfistas de Guaratuba (ASG), órgão responsável pelo esporte na cidade, pediu que os surfistas não façam a prática enquanto vigorar o decreto. “Entendemos a gravidade da situação a qual estamos sendo acometidos e para o bem estar de todos, estamos apoiando a decisão do decreto”, diz a associação, destacando que deve fazer fiscalizações para que sejam tomadas medidas cabíveis caso flagrados descumprimentos.