Notícias

Lira diz que instituições não serão abaladas por oportunismo

Reuters
Reuters
Lira diz que instituições não serão abaladas por oportunismo
Presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira, em Brasília

10 de julho de 2021 - 12:33 - Atualizado em 10 de julho de 2021 - 12:35

Por Eduardo Simões

SÃO PAULO (Reuters) – O presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL), disse em publicação no Twitter neste sábado que as instituições brasileiras não serão abaladas por oportunismo e defendeu que as disputas políticas devem ser resolvidos pelos eleitores nas urnas em outubro de 2022.

As declarações de Lira, que não citou nomes, vêm após o presidente Jair Bolsonaro ameaçar nesta semana as eleições gerais do ano que vem, afirmando que elas podem não acontecer caso não seja aprovado o voto impresso, defendido por ele atualmente tramitando na Câmara dos Deputados. O presidente também disparou ofensas ao presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Luís Roberto Barroso.

Em resposta, o TSE afirmou que tentar evitar a realização das eleições viola a Constituição e configura crime de responsabilidade.

Bolsonaro também tem desferido ataques nos últimos dias à CPI da Covid no Senado, que apura supostas irregularidades no Ministério da Saúde nas negociações para compra de vacinas contra Covid-19.

“Nossas instituições são fortalezas que não se abalarão com declarações públicas e OPORTUNISMO. Enfrentamos o pior desafio da história com milhares de mortes, milhões de desempregados e muito trabalho a ser feito”, escreveu Lira em uma série de tuítes.

“Em uma hora tão dura como a que vivemos hoje, saibamos todos que o Brasil sempre será maior do que qualquer disputa política. Tenhamos todos, como membros dos poderes republicanos, responsabilidade e serenidade para não causar mais dor e sofrimento aos brasileiros”, pediu.

O presidente da Câmara também reiterou seu compromisso com as reformas e defendeu que as disputas se resolvam nas eleições do ano que vem.

“Deixemos que o eleitor tenha emprego e vacina, que deixe o seu veredito em outubro de 2022 quando encontrará com a urna; essa sim, a grande e única juíza de qualquer disputa política. O nosso compromisso é e continuará sendo trabalhar pelo crescimento e a estabilidade do país.”

tagreuters.com2021binary_LYNXMPEH6905Y-BASEIMAGE

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.