Internacionais

Líder trabalhista pede renúncia de premiê britânico, após decisão de alta corte

Redação RIC Mais
Redação RIC Mais

24 de setembro de 2019 - 00:00 - Atualizado em 24 de setembro de 2019 - 00:00

O líder do Partido Trabalhista britânico, Jeremy Corbyn, disse hoje durante conferência da legenda oposicionista que o primeiro-ministro do Reino Unido, Boris Johnson, deveria renunciar e se tornar o premiê “com menor tempo no cargo da história”.

O comentário veio após a Suprema Corte do Reino Unido julgar mais cedo que a recente suspensão do Parlamento britânico, pedida por Johnson, é ilegal.

Segundo Corbyn, a suspensão do Parlamento por Johnson mostra seu “desprezo” pela democracia e pelo Estado de direito.

“Eu convido Boris Johnson…a considerar sua posição”, disse Corbyn a integrantes de seu partido. Fonte: Associated Press.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.