Notícias

Líder do governo diz que votará pela soltura de deputado preso por ofensas ao STF

Reuters
Reuters
Líder do governo diz que votará pela soltura de deputado preso por ofensas ao STF
Deputado Ricardo Barros em Brasília

17 de fevereiro de 2021 - 15:07 - Atualizado em 17 de fevereiro de 2021 - 15:10

Por Maria Carolina Marcello

BRASÍLIA (Reuters) – O líder do governo na Câmara dos Deputados, Ricardo Barros (PP-PR), anunciou nesta quarta-feira que votará pela soltura do deputado Daniel Silveira (PSL-RJ), detido na véspera por divulgar um vídeo em que ofende e pede a destituição de ministros do Supremo Tribunal Federal (STF).

Entre as declarações de Silveira no vídeo, o deputado diz que já imaginou ministros do STF sendo surrados.

“Como parlamentar, votarei pela soltura do deputado Daniel Silveira; pela liberdade de expressão, de opinião e pela imunidade parlamentar, diretos garantidos na Constituição Federal. O impasse é entre Legislativo e Judiciário. O governo não faz parte da questão”, tuitou Barros nesta quarta-feira.

O STF decidiu em rápido julgamento nesta tarde manter por unanimidade a decisão da véspera do ministro Alexandre de Moraes, que determinou a prisão do deputado.

Ao mesmo tempo, a Mesa Diretora da Câmara também reunia-se para discutir o caso, que também será levado à reunião do colégio de líderes, na sequência, segundo o presidente da Casa, Arthur Lira (PP-AL).

No Twitter, Lira afirmou que os deputados irão “em conjunto, avaliar e discutir a prisão do deputado Daniel Silveira”, já sinalizando que pretende dividir a responsabilidade pela condução do caso.

Partidos divergem sobre o assunto. Representantes da oposição defendem a cassação do deputado, enquanto há os que trabalham por um relaxamento de sua prisão. Uma das saídas seria encaminhar o caso ao Conselho de Ética da Câmara.

tagreuters.com2021binary_LYNXMPEH1G1HZ-BASEIMAGE

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.